Pular para o conteúdo principal

O Pregador João Batista (Mc. 1: 4, 5)






Recitando trechos de Malaquias e Isaias, João Batista convidava o povo para o Arrependimento e remissão de pecados. O Ministério João Batista começou por volta de 27 d.C. Em confronto com um sacerdócio corrompido, corrupto e iníquo de Caifas e Anás, diante de Reis tiranos como Herodes Antipas. Com esta mensagem ele conseguia atrair pessoas de toda província da Judéia e habitantes da populosa Jerusalém, as pessoas eram batizadas no Jordão confessando seus pecados. João se vestia humildemente com Vestido de Pêlos de Camelos e com cinto de couro, desse modo se identificava com a maioria da população oprimida, pobre e sofrida. Alimentava-se com gafanhotos comestíveis e mel silvestre. Não muito longe daquele deserto, havia farta variedade de plantações, onde as abelhas e gafanhotos se alimentavam. A Alimentação de João Batista demonstra que ele habitava em lugares isolados devido aos períodos de consagração.





João o Batizador pregava: ‘Após mim vem aquele que é mais forte do que eu, do qual não sou digno, de abaixando-me, desatar a correia das sandálias.’ Aqui fica expressa a humilde de João Batista, ele que era confundido por sua mensagem e unção com Elias e com o Cristo (Jo. 1: 21-25), sempre afirmava que não era Elias e nem o Cristo. Semeando esta humildade João Batista colheu uma exaltação tremenda da boca de Nosso Senhor Jesus, o qual declarou: ‘Eu garanto a vocês: De todos os homens que já nasceram, nenhum é maior que João Batista... ’ Dessa maneira João ficou num status maior qualquer um desses homens fora do Reino dos Céus, Faraó, Herodes, Julio César, Nabucodonosor, Moisés, Daniel, Abraão...


Batismo de João Batista (Mc. 1: 4)


Os judeus batizavam os prosélitos que aderiam ao Judaísmo com duas finalidades: 1- Purificação/ 2 – Conversão ao Judaísmo. Do Mesmo modo os Essênios também batizava os judeus quando ingressavam na seita.


O Batismo de João Batista era muitíssimo diferente destes batismos, tem pelo menos duas finalidades expressas aqui em Marcos:


1- Arrependimento de pecados - Sugere uma mudança no coração e na mente, mudanças no modo de vida servindo de testemunho de um Cristão formado nos Ensinos de Cristo, um discípulos de Cristo que serve como modelo a ser seguido.
2- Remissão de Pecados: O local do Batismo, o ato Batismal, é como um banho completo de corpo inteiro, de alma e espírito. Purificação dos pecados, a finalidade do Batismo é deixar a pessoa lavada, purificada, santificada, limpa e separada exclusivamente para Deus, podendo servi-lo como verdadeiro Cristão.


Batizado com água e Com Espírito Santo(Mc. 1: 8)


Os Homens estão incumbidos de Batizar com água em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. O Cristo Bendito se encarrega de Batizar com o Espírito Santo.
O Batismo com o Espírito Santo não veio de imediato (At. 1: 5) depois da ascensão de Cristo, quando todos estavam reunidos em oração, todos foram cheios do Espírito Santo e começaram a falar em outras línguas conforme o Espírito Santo lhes concedia. O Batismo no Espírito Santo faz com que a pessoa batizada forme um só corpo, quer judeus, gregos, servos, livres (1ª Co. 12: 13)


O Cordeiro de Deus (Mc. 1: 9)


Antes de Cristo iniciar o seu Ministério atingindo certa idade foi morar na cidade Marítima de Cafarnaum, com quase 30 anos retorna para Nazaré, cidade da região da Galiléia, entra no meio da multidão que ouvia João Batista, e provavelmente não fura a fila, vem no meio dos pecadores, para e identificar com os pecadores em busca de perdão (2ª Co. 5: 21), todavia João Batista não confundiu, avistando Jesus anunciou: ‘Eis o Cordeiro de Deus que tira o pecado do Mundo’ (Jo. 1: 29-36) e foi batizado no Rio Jordão. Com esse Jesus endossa o Batismo de João, e serve de exemplo para todos para nós, mostrando que todos nós carecemos ser batizarmos.


O Céu Aberto (Mc. 1: 10)


Após o Batismo Jesus sai da água é ver o Céu Aberto e mais uma vez o Espírito Santo sobrevoa em torno de Cristo como sobrevoava a f ace da Terra no principio (Gn. 1: 2).
Como uma Pomba Veloz representando simplicidade, pureza, velocidade, agilidade, Paz, onipresença, mansidão, serenidade, encurtando a distancia entre o céu e a terra, levando e trazendo mensagens de Deus para os Homens e vice versa.


O Filho Amado (Mc. 1: 11)




Todos que estavam no local ouviram audivelmente a voz do Senhor dizendo: ‘Tu és o meu Filho Amado, em quem me comprazo. ’ Logo Satanás tentaria colocar em dúvidas tal declaração (Mt. 4:3) Não restam duvidas, Jesus é o mais Amado de todos os filhos de Deus e criaturas. Somente em Cristo o Deus Pai, Eterno ao lado do Deus Espírito Santo sentem o mais absoluto e supremo prazer.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Por que Jesus Cuspiu antes de curar o Cego?

Mensagem com base em João 9: 1-23


I – Qual causa da Cegueira do Homem?
 Este nascera cego curiosamente para Glória de Deus, os discípulos procuravam uma causa para a cegueira e perguntaram: “Rabi, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego?”. Fizeram a pergunta possivelmente com base em Êxodo:
Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o SENHOR teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniquidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.Êxodo 20:4-5
1)Cegueira como maldição hereditária, por parte dos pais; 2)Cegueira Por causa dos próprios pecados. 3)Cegueira para que se Manifeste as Obras de Deus
Jesus descartou as duas primeiras possibilidades, com seguinte resposta:
Jesus respondeu: Nem ele pecou nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus.
João 9:2-3

              O Homem era cego para que em hora oportuna se manifestasse nele a Obra de Deus.

II – Jesus contrariando os Homens                                    …

Hagar e Ismael no Deserto- Deus Ouve

(Texto Gn. 21; 14-21)                              Abraão levanta pela madrugada, toma pão e um odre de água, dá para Hagar colocando as coisas no ombro dela, pega o menino de aproximadamente 17 anos entrega-o para Hagar e despede a ambos, e despede. Hagar sai uma direção definida no deserto de Berseba, e sai errante. (Gn. 21; 14)
                         Uma dor e uma confiança tremenda dentro de Abraão. Ele sabia que nem Hagar e nem Ismael iriam morrer no deserto, porque Deus havia lhe garantido que faria de Ismael uma grande nação, e para isso Deus supriria todas as necessidades.                          Por outro lado Sara sua esposa estava muito incomodada, com o desprezo de Ismael em relação à Isaque, estava surgindo um clima muito comprometedor entre Ismael e Isaque, o que poderia cedo ou tarde gerar graves conseqüências. O próprio Deus aceitou a proposta de Sara, porque Deus havia traçado um Propósito na vida de Ismael à parte da casa de Abraão. Mais tarde tudo indica que casa de…

Cabelo da Mulher Cristã- Nove (09) Lições Bíblicas

Referencias: 1ª Co. 11:4-15/ 1ª Tm. 2: 9,10/ 1ª Pe. 3: 1-3

                           Três passagens bíblicas utilizadas por “teólogos” radicais, com estilo farisaico, para proibir as tranças, cortes e frisados nos cabelos, além do uso de jóias.  Mas em destaque nesta postagem, é o cabelo da Mulher Cristão. Temos postagens que tratam do uso de jóias nos seguintes sites:
Deus condena o uso de Jóias?  
http://prjefersonfabiano.blogspot.com.br/2011/10/deus-condena-o-uso-de-joias.html
O Uso de Jóias segundo Paulo e a Bíblia
http://prjefersonfabiano.blogspot.com.br/2013/01/o-uso-de-joias-segundo-paulo-e-biblia.html
Nove Lições sobre o Cabelo da Mulher Cristã segundo a Bíblia:
1.Cabelo longo da mulher cristã lhe é Honroso 2.Cabelo tosquiado/rapado na mulher cristã é Desonroso 3.Cabelo longo da mulher é sinal de poderio sobre os anjos 4.Cabelo longo em lugar do véu 5.Um traje modesto com pudor é mais importante que uma trança atraente 6.O Enfeite interior da mulher cristã vale mais do que um enfe…