Pular para o conteúdo principal

O Lema: In God We Trust no Dóllar e Deus Seja Louvado no Real!


                     A Existência de Deus e a sua Influência são incontestáveis e notáveis, em todos os cantos do mundo se fala em um ‘Deus’. De algum modo as pessoas sentem a sua influencia e Poder.

Até na Economia Mundial ouvimos e lemos o nome de Deus, e sempre ouvimos frases populares como’ Meu Deus’ ou ‘Deus me livre’, ‘Vai com Deus’, ‘Deus te abençoe’ entre outras.
                     De Modo Direto ou indireto a ação de Deus está nas principais Economias do Mundo. Isso incomoda alguns ateus, entre eles alguns movimentos para remover a frase ‘In God we Trust’ nos EUA, no Brasil também se encontram movimentos dessa natureza para a remoção da frase: ‘Deus seja Louvado’.  
                         E é até compreensivo os motivos desses movimentos, uma que fica difícil negar a existência de Deus, quando o nome de Deus está no seu bolso e na sua conta, do mesmo modo fica difícil negar a ação de Deus, ninguém compra e nem vende nada sem que o nome de Deus esteja envolvido.  
                                  A frase ‘In God we Trust’ nas cédulas norte americanas foi emitida pela primeira vez em 1864, durante uma Guerra Civil entre o Norte e o Sul, no final do primeiro mandato de Abraham Linconl (1861-1864). Acredita-se que a frase facilitou a Reeleição de Linconl.
                                A Frase atendia ao apelo de uma população em Guerra dentro de si mesma. Porém o povo norte-americano é um povo acostumado a Orar diariamente e colocar Deus na frente de todas as suas decisões importantes, como a postagem "Uma Nação Acostumada a Orar", a qual esta baseada numa pesquisa.                                   

                      Segundo o Departamento do Tesouro o primeiro Recurso solicitando a impressão do Nome de Deus cédulas veio do Reverendo M.R. Watkinson, ministro do Evangelho, de uma Cidade do Estado da Pensilvania, chamada Ridleyville. 
                 A Carta veio datada 13 de Novembro de 1861. E dentro de uma semana o secretário Chase encarregou o diretor da Casa da Moeda da Casa James Pollock, para preparar um lema em carta datada 20/11/1861. Abaixo segue um trecho da carta de Chase.

                                "Prezado Senhor: Nenhuma nação pode ser forte, exceto na força de Deus, ou seguro, exceto em sua defesa. A confiança do nosso povo de Deus deve ser declarada em nossas moedas nacionais.Você fará com que um dispositivo para ser preparado sem demora desnecessária com um lema expressar nas palavras menor tersest e possível este reconhecimento nacional. Verificou-se que a Lei do Congresso datada de 18 de janeiro de 1837, fixado, as divisas e os dispositivos que devem ser colocados em cima das moedas dos Estados Unidos ". 
   
                          Logo a frase: “E Pluribus Unum” (Um constituído por muitos) foi alterada para “In God We Trust” (Em Deus confiamos). Desde 1863, constavam essas palavras – “In God We Trust” – em algumas moedas, mas a partir de 1955 esse lema ficou obrigatoriamente registrado em todas as cédulas de dólar.
                    James Pollock sugestionou várias frases: "Deus a nossa confiança", "Nossa confiança está em Deus", "nosso Deus e nosso país", "Deus e nosso país".
 Porém  Chase escolheu "In God We Trust”, a frase foi impressa pela primeira vez em 1864 na moeda de Dois cêntimos novo, no fim do primeiro mandato do governo Linconl.
O Ex-presidente Republicano Abraham Lincoln concorria pela segunda vez à eleição num País onde a extrema maioria de seu povo depositava sua confiança inteiramente em Deus.
              Correligionários e o próprio Lincoln, acreditavam que se na eleição fosse divulgado que um reverendo pediu para imprimir o nome de Deus no dinheiro e ele como presidente não tivesse aprovado, sua reeleição estava em risco. Pois seus adversários políticos utilizariam tal argumento de campanha contra ele.  
                      Por outro lado por coincidência ou não a Guerra que já durava cerca de Quatro anos acabou no ano seguinte 1865, após a impressão da inscrição. 
                      Abraham Lincoln foi reeleito e no segundo mandato de seu Governo a impressão foi se expandindo lentamente para outras moedas e cédulas.
                    No ano de 1909 foi incluída na maioria das moedas. Num período de Guerra Fria, onde todos estavam com sua segurança ameaçada novamente e todos concordaram em expressar sua confiança em Deus, nas demais cédulas e a Guerra Fria acabou oficialmente. 
                      No dia 11 de julho de 1955, o Ex-presidente Dwight D. Eisenhower, assina a Lei Pública 140, está lei é baseada no Salmo 56:11. A Lei Pública 140 tornou obrigatória a impressão do lema:"Em Deus está nossa Confiança: A Fundação" em todas as moedas e cédulas de papel.
                 Houve outros versículos Bíblicos como argumento e motivação da Lei Pública 140 são estes: Salmos 118:8/ Sl. 40:3/Sl. 73: 28/e Pv. 29:25.
                       Hoje a Economia Norte Americana vai bem graças a Deus, apesar dos altos e baixos, porque é uma Nação que 'Confia em Deus e sabe lidar com qualquer situação de conforto ou desconforto.
                       O Dólar norte americano é a moeda que estabelece uma espécie de medida para a Economia Mundial, é como se fosse a moeda padrão do mundo. A qual todas as nações procuram usar como modelo.
                    No Brasil a Expressão "DEUS SEJA LOUVADO", veio no Governo de José Sarney, quase no fim da década de 80. Em meio a uma grande turbulência econômica, a troca de moedas era constante.
                  Sarney recebeu a visita de um grupo de Evangélicos que sugeriram ao ex-presidente a impressão do nome de Deus na cédula. Logo a inflação começou a cair, até então estava descontrolada. 
                            Como Deus estava sendo louvado em todos os cantos do Brasil, desde latinha de esmola do mendigo até nas contas mais ricas do Brasil, a nação foi sarando aos poucos. Hoje temos uma economia sólida que surpreende ao mundo diante das grande crises econômicas mundiais. 
                                A Frase: “Deus seja Louvado”,  está com base nas Crônicas e nos Salmos. (1ª Cr. 16: 36/ Sl 113:3)
                           Note que a Economia Brasileira começou a revelar grandes melhoras depois que esta frase passou a ser impressa nas cédulas como sinal de sua influencia positiva. 
                                 Mas aqui vai um aviso para as autoridades diante destas frases. Para Dilma e Obama com discurso nada fervoroso, mas com cheiro de escárnio.

     Salmo 113
1 Louvai ao Senhor.
Louvai, servos do Senhor,
louvai o nome do Senhor.
2 Bendito seja o nome do Senhor,
desde agora e para sempre.
3 Desde o nascimento do sol até o seu ocaso,
há de ser louvado o nome do Senhor.
4 Exaltado está o Senhor acima de todas as nações,
e a sua glória acima dos céus.
5 Quem é semelhante ao Senhor nosso Deus,
que tem o seu assento nas alturas,
6 que se inclina para ver o que está no céu e na terra?
7 Ele levanta do pó o pobre,
 e do monturo ergue o necessitado...

1ª Crônicas 16: 36 Bendito seja o Senhor Deus de Israel, 
de eternidade a eternidade.
Então todo o povo disse: Amém!E louvou ao Senhor

                      
Zacarias 11:4-14.
Assim diz o Senhor meu Deus: Apascenta as ovelhas destinadas para a matança, 5 cujos compradores as matam, e não se têm por culpados; e cujos vendedores dizem: Louvado seja o Senhor, porque hei enriquecido; e os seus pastores não têm piedade delas. 6 Certamente não terei mais piedade dos moradores desta terra, diz o Senhor; mas, eis que entregarei os homens cada um na mão do seu próximo e na mão do seu rei; eles ferirão a terra, e eu não os livrarei da mão deles.

                      Tem gente desocupada e sem temor a Deus e sem respeito ao sentimento religioso alheio, que está fazendo movimentos a fim de remover de nossas cédulas a frase “Deus seja Louvado”.


                    O presidente norte americano Thomaz Jefferson diante de movimentos semelhantes escreveu:
" O Deus que nos deus a Vida e nos deu a Liberdade ao mesmo tempo" (...) "Pode a Liberdade de uma Nação ser seguro quando nós removemos a Convicção de que essas são Liberdades são de Deus?".
    

Monte Rushmore
George Washington (1789-1797), Thomas Jefferson (1801-1809), Theodore Roosevelt (1901-1909)
 e Abraham Lincoln (1861-1865)


George Washington foi escolhido por ter sido o primeiro presidente americano e ter liderado a guerra pela independência. É também conhecido como pai dos EUA.
Thomas Jefferson, terceiro presidente do país, é o segundo na escultura e foi autor da Declaração de Independência. Também acabou com o domínio francês na Louisiana.
Theodore Roosevelt, terceiro a partir da esquerda, foi o 26º presidente e responsável por grande salto econômico dos EUA. Negociou a construção do Canal do Panamá.
Abraham Lincoln, 16º presidente, é responsável pela abolição da escravatura e se orgulhava de ter mantido os EUA como uma nação mesmo durante sua guerra civil.
O Monte Rushmore é visitado anualmente por mais de 3 milhões de turistas e sua realização, iniciada em 1927, durou 15 anos. Seu idealizador foi o pintor e escultor Gutzon Borglum, que morreu em Chicago, em 1941, sem ver sua maior obra concluída.    

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Por que Jesus Cuspiu antes de curar o Cego?

Mensagem com base em João 9: 1-23


I – Qual causa da Cegueira do Homem?
 Este nascera cego curiosamente para Glória de Deus, os discípulos procuravam uma causa para a cegueira e perguntaram: “Rabi, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego?”. Fizeram a pergunta possivelmente com base em Êxodo:
Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o SENHOR teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniquidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.Êxodo 20:4-5
1)Cegueira como maldição hereditária, por parte dos pais; 2)Cegueira Por causa dos próprios pecados. 3)Cegueira para que se Manifeste as Obras de Deus
Jesus descartou as duas primeiras possibilidades, com seguinte resposta:
Jesus respondeu: Nem ele pecou nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus.
João 9:2-3
              O Homem era cego para que em hora oportuna se manifestasse nele a Obra de Deus.

II – Jesus contrariando os Homens                                    …

Hagar e Ismael no Deserto- Deus Ouve

(Texto Gn. 21; 14-21)                              Abraão levanta pela madrugada, toma pão e um odre de água, dá para Hagar colocando as coisas no ombro dela, pega o menino de aproximadamente 17 anos entrega-o para Hagar e despede a ambos, e despede. Hagar sai uma direção definida no deserto de Berseba, e sai errante. (Gn. 21; 14)
                         Uma dor e uma confiança tremenda dentro de Abraão. Ele sabia que nem Hagar e nem Ismael iriam morrer no deserto, porque Deus havia lhe garantido que faria de Ismael uma grande nação, e para isso Deus supriria todas as necessidades.                          Por outro lado Sara sua esposa estava muito incomodada, com o desprezo de Ismael em relação à Isaque, estava surgindo um clima muito comprometedor entre Ismael e Isaque, o que poderia cedo ou tarde gerar graves conseqüências. O próprio Deus aceitou a proposta de Sara, porque Deus havia traçado um Propósito na vida de Ismael à parte da casa de Abraão. Mais tarde tudo indica que casa de…

Zacarias, pai de João Batista- Parte 1 (Personagens Bíblicos)

Dados Gerais sobre Zacarias, pai de João Batista  

A postagem visa facilitar estudos sobre a pessoa exemplar de Zacarias, pai de João Batista, deixando claro, logo no principio que admite -se cópias desta postagem desde se cumpra as normas dos Direitos Autorais.

Zacarias (do hebraico זְכַרְיָה, Zekariyah, "Deus se lembrou")