Pular para o conteúdo principal

Os 03 Reis Magos, Quem são eles?

Conjectura sobre os Magos


                                  Em algum lugar do Oriente nas regiões Medo-Persa e Babilônia, em pontos diferentes talvez vivessem uns magos atentos ao Brilho de uma Estrela que Balaão, um mago da antiguidade havia vaticinado no tempo que os filhos de Israel estavam caminhando no deserto conquistando terras cerca de 1450 anos a.C. (Nm. 24: 17-19). Há muito tempo eles estavam observando as profecias Messiânicas e aguardavam ansiosamente o sinal da estrela, eles aguardavam sinais nos céus, não como os astrólogos que adivinhavam olhando as estrelas em mapas astrais. Estes Magos faziam um estudo mais profundo sobre o cosmo, procurando conhecer todas as estrelas que podiam ser vistas, conhecendo todas as estrelas, aparecendo uma estrela diferente, seria fácil identifica-la das demais.

                                       Certo dia um deles avistou uma estrela no céu com um brilho diferente, decidiu procurar os demais magos que pesquisavam a estrela do nascimento do Messias, reunindo-se e comparando-a com as demais estrelas que conheciam, perceberam algo diferente, o Brilho convidava-os a segui-la, eles sentiam algo diferente dentro deles denunciando que aquela era a Estrela do Messias. Seguindo de perto as profecias do Cristo no Antigo Testamento concluíram que o menino deveria nascer em Belém de Judá. (Mq. 5:2/ Mt. 2: 5,6) Não sabiam exatamente onde se localizava Belém, mas sabiam onde estava Jerusalém, e Belém ficava perto cerca de 9 km ao sul de Jerusalém.

                                   Pelos presentes deduz-se que eles ocupavam cargos oficias naquela região e eram abastardos financeiramente, além disso, sábios conhecedores das Escrituras Sagradas e das ciências naturais. Vieram a Jerusalém na qualidade de Magos e embaixadores para saudar e homenagear o futuro Rei dos Judeus (Mt. 2:1) chegaram com comitivas oficias o que chamou a atenção de toda cidade de Jerusalém, a comitiva devia-se ao cargo oficial dos magos, e para presta-lhes segurança na estrada até o destino desejado, os salteadores roubavam os viajantes nas estradas. Os Magos traziam preciosidades como Ouro, Mirra e Incenso.



                                   Procuraram primeiro em Jerusalém porque sabia que a sede do governo era Jerusalém, para surpresa dos Magos nenhum dos moradores de Jerusalém sabia que o paradeiro do menino que seria o futuro Rei dos Judeus. Ninguém soube que alguma mulher de Herodes estivesse grávida esperando uma criança por aqueles dias. A Estrela havia trazido até Jerusalém e já era dia não era possível mais vê-la, o que restava fazer era descansar da longa viagem e colocar alguns dos serviçais para perguntar onde nasceu o menino ‘Rei’. (Mt. 2: 2-4)

                                 A Noticia que Magos do Oriente estavam dentro de Jerusalém, procurando aquele que havia de ser Rei dos Judeus chegou ao Rei Herodes ou por meio de sua Policia secreta ou dos Herodianos, ou ambos. Herodes perturbou-se em seu trono, sentiu-se ameaçado e de última hora mandou convocar os príncipes dos sacerdotes e os *Doutores da Lei (Escribas) a maioria dos escribas eram saduceus. Nesta assembléia extraordinária chega-se a conclusão de o futuro ‘Rei dos Judeus’ nasceria em Belém (Mt. 2: 3-6).

                            Logo Herodes envia seus subordinados aos Magos e os convida secretamente ao Palácio. Lá os investiga acerca do Messias e tenta convence-los de que assim que encontrarem a criança avisá-lo para ele também possa render culto e homenagem à criança (Mt. 2: 7,8). Nisto cai à noite a estrela torna a brilhar, o interessante que somente os magos podem ver essa estrela brilhando, eles imediatamente arrumam as bagagens e prosseguem a viagem seguindo a estrela que os guiava à Belém e ao local exato onde o menino Jesus estava lá chegaram e ficaram radiantes de alegria (Mt. 2: 8,9).          

                     Vendo o menino Jesus dobraram seus joelhos e o adoraram, terminando o seu período de culto abriram seus tesouros (cofres) e ofertaram o melhor que tinham: Ouro que podiam negociar no comércio para suprir algumas necessidades, representa a realeza de Cristo. A Mirra uma resina que produz cheiro agradável, usada em perfumes (Sl. 45: 8,9/ Pv 7: 17) usa-se ainda como um dos ingredientes do óleo de unção (Êx. 30: 23) a mirra possui propriedades medicinais para aliviar as dores e para embalsamar (Mc. 15: 23/Jo. 19: 39), seria uma mensagem de alivio, trás a mensagem de momentos de Dores da paixão de Cristo. O Incenso por sua vez é uma resina aromática perfumada queimada no altar (Ap. 8: 3,4) simboliza o papel sacerdotal e expiatório de Cristo.    

                                      Após cultuarem e ofertarem ao Senhor, eles descansam, no sono Deus revelou as verdadeiras intenções de Herodes para com a criança. Levantaram e seguiram em destino sua nação de sua origem, atrapalhando os planos de Herodes.



(Mateus 2:1-13) A Visita dos Magos-
Os Magos eram Feiticeiros ou Magos Cientistas?

Ficam dúvidas no ar: Foram três Magos? Ouro, Incenso e Mirra foram os presentes, mas isso não quer dizer que sejam três. Alguns deduzem que foram três: Baltazar, Belchior e Gaspar, que vieram da Grécia, Egito e da Índia, alguns teólogos judeus dizem que estes Magos vieram ou do Império Medo-Persa ou Babilônia. Todavia o relato Bíblico não nos fornece essas informações.  Apesar do Termo ‘Mago’ indicar Feiticeiros, ou mágicos, estes Magos em questão gozavam de bastantes recursos financeiros e elevada posição social e intelectual, suas declarações sobre o Cristo estava baseada na Bíblia, se deslocaram de sua cidade de origem para uma longa e perigosa jornada, por causa dos salteadores que saqueavam caravanas. Os Magos não podiam ser feiticeiros, que se baseavam por astrologia, os Magos aqui são Astrônomos, que estudavam as estrelas, não para prever o futuro, e sim para conhecer em profundidade, como prova disso detectaram uma estrela diferente no céu, eles foram previamente escolhidos por Deus para ver o sinal.

                                            No livro da Lei de Moisés encontramos Deus condenando a pratica da astrologia, feitiçaria, de magia e outras praticas de ocultismo (Dt. 4: 18-20/Dt. 18: 11-13). Que compromisso tem Deus com os Magos que praticam o ocultismo? Caso não se converta o compromisso de Deus com eles é de lançá-los no Lago de Fogo (Ap. 21: 8) eles estão excluídos do Reino de Deus (Ap. 22: 15).

                                            A Palavra Astrólogo: significa estudo da suposta influencia dos astros no destino, tentativa de adivinhar por meio dos astros. É conhecida pelos Escritores Sagrados (Dn. 1: 20/ 2: 27/Dn 4: 7) Se de fato fossem astrólogos Mateus escreveria Astrólogos.

                                            Deus criou a Ciência e dá sabedoria a quem pede para desvendá-la (Tg. 1:5), as revelações Divinas chegam para as pessoas compromissadas com Deus. Há algo muitíssimo especial entre Deus e aqueles magos, a Estrela é vista apenas por eles, a Estrela guia-os por mais de um dia até o local exato onde o menino Jesus estava. Este Mago eram conhecedores das Profecias Messiânicas nas Sagradas Escrituras e aguardavam o seu Nascimento a qualquer hora (Mt. 2:5) desde quando Magos feiticeiros se preocupam em conhecer a Bíblia? Estes Magos Cientistas e tementes a Deus estavam atentos aos sinais na terra e nos Céus.   

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Por que Jesus Cuspiu antes de curar o Cego?

Mensagem com base em João 9: 1-23


I – Qual causa da Cegueira do Homem?
 Este nascera cego curiosamente para Glória de Deus, os discípulos procuravam uma causa para a cegueira e perguntaram: “Rabi, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego?”. Fizeram a pergunta possivelmente com base em Êxodo:
Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o SENHOR teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniquidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.Êxodo 20:4-5
1)Cegueira como maldição hereditária, por parte dos pais; 2)Cegueira Por causa dos próprios pecados. 3)Cegueira para que se Manifeste as Obras de Deus
Jesus descartou as duas primeiras possibilidades, com seguinte resposta:
Jesus respondeu: Nem ele pecou nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus.
João 9:2-3
              O Homem era cego para que em hora oportuna se manifestasse nele a Obra de Deus.

II – Jesus contrariando os Homens                                    …

Hagar e Ismael no Deserto- Deus Ouve

(Texto Gn. 21; 14-21)                              Abraão levanta pela madrugada, toma pão e um odre de água, dá para Hagar colocando as coisas no ombro dela, pega o menino de aproximadamente 17 anos entrega-o para Hagar e despede a ambos, e despede. Hagar sai uma direção definida no deserto de Berseba, e sai errante. (Gn. 21; 14)
                         Uma dor e uma confiança tremenda dentro de Abraão. Ele sabia que nem Hagar e nem Ismael iriam morrer no deserto, porque Deus havia lhe garantido que faria de Ismael uma grande nação, e para isso Deus supriria todas as necessidades.                          Por outro lado Sara sua esposa estava muito incomodada, com o desprezo de Ismael em relação à Isaque, estava surgindo um clima muito comprometedor entre Ismael e Isaque, o que poderia cedo ou tarde gerar graves conseqüências. O próprio Deus aceitou a proposta de Sara, porque Deus havia traçado um Propósito na vida de Ismael à parte da casa de Abraão. Mais tarde tudo indica que casa de…

Zacarias, pai de João Batista- Parte 1 (Personagens Bíblicos)

Dados Gerais sobre Zacarias, pai de João Batista  

A postagem visa facilitar estudos sobre a pessoa exemplar de Zacarias, pai de João Batista, deixando claro, logo no principio que admite -se cópias desta postagem desde se cumpra as normas dos Direitos Autorais.

Zacarias (do hebraico זְכַרְיָה, Zekariyah, "Deus se lembrou")