Pular para o conteúdo principal

Como identificar e lidar com a criança abusada



As formas de abuso

• Abuso sexual infantil ocorre quando um adulto, adolescente ou criança com idade superior a cinco anos, abusa do poder ou autoridade e/ou se aproveita da confiança para fazer a criança participar de atividades sexuais. Não se limita à penetração. Inclui uma série de atividades sexuais como: tocar nos órgãos genitais, masturbação, atividades orais, penetração vaginal ou anal com os dedos, o pênis ou outro objeto. Pode incluir exibicionismo ou comportamentos e comentários provocativos.

Entre 18 meses e 3 anos 
Como falar
• Ensine à criança o nome das partes do corpo.
Entre 3 e 5 anos
•Converse sobre as partes cobertas pela roupa e também como dizer não. Fale sobre a diferença entre “o bom toque e o mau toque”.
Após os 5 anos
•A criança deve ser orientada sobre sua segurança pessoal e alertada sobre as situações de risco.
Após os 8 anos
•Deve ser iniciada a discussão sobre os conceitos e as regras de conduta sexual que são aceitas pela família e fatos básicos da reprodução humana.
Como evitar
• Ouça seus filhos e acredite neles, por mais absurdo que pareça o que estão contando.
• Saiba com quem seu filho está ficando nos momentos de lazer. Conheça seus colegas e os pais deles.
• Procure informar-se sobre o que sabem e como lidam com a questão da violência e do abuso os responsáveis pela creche, escola, o pediatra, a empregada e a babá.
• Antes de tudo, fale com seu filho ou filha e lembre-se que o abuso sexual pode ocorrer ainda nos primeiros anos da infância.
Como identificar
• Inquietação, tristeza profunda, isolamento.
• Sexualidade precoce nas crianças menores e exacerbada nas maiores.
• Resistência para realizar exames médicos.
• Fugas constantes e resistências para voltar para casa.
• Rebeldia/agressividade.
• Mudanças repentinas de comportamento.
• Choro freqüente.
• Hábito de urinar na cama.
• Problema de sono.
• Sentimento profundo de insegurança, medo, culpa etc.
O que fazer
• Incentive a criança a falar livremente o que se passou, sem externar comentários de juízo.
• Demonstre que compreende a angústia da criança e leve muito a sério o que ela está dizendo.
• Assegure à criança que ela fez bem em contar o que ocorreu e que ela não deve se sentir culpada por ter contado.
• Enfatize à criança que ela não tem culpa pelo abuso sexual.
• Ofereça proteção à criança e prometa que fará tudo para que o abuso termine.

Fontes: Observatório da Infância e cartilha A Família Esperta.

ACRESCENTAMOS ESTE VÍDEO E A FOTO ACIMA

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Por que Jesus Cuspiu antes de curar o Cego?

Mensagem com base em João 9: 1-23


I – Qual causa da Cegueira do Homem?
 Este nascera cego curiosamente para Glória de Deus, os discípulos procuravam uma causa para a cegueira e perguntaram: “Rabi, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego?”. Fizeram a pergunta possivelmente com base em Êxodo:
Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o SENHOR teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniquidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.Êxodo 20:4-5
1)Cegueira como maldição hereditária, por parte dos pais; 2)Cegueira Por causa dos próprios pecados. 3)Cegueira para que se Manifeste as Obras de Deus
Jesus descartou as duas primeiras possibilidades, com seguinte resposta:
Jesus respondeu: Nem ele pecou nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus.
João 9:2-3

              O Homem era cego para que em hora oportuna se manifestasse nele a Obra de Deus.

II – Jesus contrariando os Homens                                    …

Hagar e Ismael no Deserto- Deus Ouve

(Texto Gn. 21; 14-21)                              Abraão levanta pela madrugada, toma pão e um odre de água, dá para Hagar colocando as coisas no ombro dela, pega o menino de aproximadamente 17 anos entrega-o para Hagar e despede a ambos, e despede. Hagar sai uma direção definida no deserto de Berseba, e sai errante. (Gn. 21; 14)
                         Uma dor e uma confiança tremenda dentro de Abraão. Ele sabia que nem Hagar e nem Ismael iriam morrer no deserto, porque Deus havia lhe garantido que faria de Ismael uma grande nação, e para isso Deus supriria todas as necessidades.                          Por outro lado Sara sua esposa estava muito incomodada, com o desprezo de Ismael em relação à Isaque, estava surgindo um clima muito comprometedor entre Ismael e Isaque, o que poderia cedo ou tarde gerar graves conseqüências. O próprio Deus aceitou a proposta de Sara, porque Deus havia traçado um Propósito na vida de Ismael à parte da casa de Abraão. Mais tarde tudo indica que casa de…

Cabelo da Mulher Cristã- Nove (09) Lições Bíblicas

Referencias: 1ª Co. 11:4-15/ 1ª Tm. 2: 9,10/ 1ª Pe. 3: 1-3

                           Três passagens bíblicas utilizadas por “teólogos” radicais, com estilo farisaico, para proibir as tranças, cortes e frisados nos cabelos, além do uso de jóias.  Mas em destaque nesta postagem, é o cabelo da Mulher Cristão. Temos postagens que tratam do uso de jóias nos seguintes sites:
Deus condena o uso de Jóias?  
http://prjefersonfabiano.blogspot.com.br/2011/10/deus-condena-o-uso-de-joias.html
O Uso de Jóias segundo Paulo e a Bíblia
http://prjefersonfabiano.blogspot.com.br/2013/01/o-uso-de-joias-segundo-paulo-e-biblia.html
Nove Lições sobre o Cabelo da Mulher Cristã segundo a Bíblia:
1.Cabelo longo da mulher cristã lhe é Honroso 2.Cabelo tosquiado/rapado na mulher cristã é Desonroso 3.Cabelo longo da mulher é sinal de poderio sobre os anjos 4.Cabelo longo em lugar do véu 5.Um traje modesto com pudor é mais importante que uma trança atraente 6.O Enfeite interior da mulher cristã vale mais do que um enfe…