Pular para o conteúdo principal

A Lei da Palmada e a Bíblia


A vara e a repreensão dão sabedoria, mas a criança entregue a si mesma, envergonha a sua mãe. Provérbios 29:15

Talvez seja esse o objetivo da Lei Anti palmada da Palmada da Deputada Maria do Rosário: 

... Há de se assegurar, por conseguinte, o direito da criança e do adolescente a uma 
educação não violenta, por meio do reconhecimento explícito do direito específico da 
criança e do adolescente a não serem submetidos a qualquer violência, seja ela moderada 
ou imoderada, ainda que cometida por pais ou responsáveis, com finalidades pretensamente 
pedagógicas..."  

                            Não se pode confundir uma simples palmada com um espancamento ou  uma sessão de tortura, sou contra esse tipo de coisas. Mas sou a favor de uma simples palmada no sentido de corretivo para fins pedagógicos, na dosagem certa, no lugar certo, na hora certa. 
                              A Lei da Palmada aprovada pelo Congresso Nacional é uma invasão do Estado na educação Domestica dos filhos... O Estado se sai muito mal na Educação Escolar, agora deseja meter o dedo da Educação domestica? 
                            A Palmada não pode ser enquadrada como um Crime ao lado dos chutes, murros, beliscões, espancamentos...Palmada é Palmada, espancamento e maus tratos são diferentes. 
                             Se Estado não permite nenhuma represália nos filhos, o Estado está abusando de seus direitos e negligenciando seus deveres. 
                                Há casos que o Dialogo, o Conselho a fala mansa e amigável, ou até mesmo uma repreensão com tom de voz alterado não resolvem. Dai vem a necessidade de uma Disciplina moderada a qual venha impor o respeito. Essa Disciplina não pode ser uma sessão de espancamentos, mas sim uma medida corretiva sem excessos.  

Tal Lei colocar a palavra de Deus em xeque no que se refere a educação dos filhos: 

O que não faz uso da vara odeia seu filho, mas o que o ama, desde cedo o castiga. Provérbios 13:24

Pv. 22:15 A estultícia está ligada ao coração do menino; mas a vara da correção a afugentará dele.


                              Quando deixamos a criança à vontade no erro, a mercê de si mesma, sem estabelecer firmemente limites para ela e Regras do Bom Viver... A tendencia é desta criança torna-se Rebelde e um adulto indisciplinado, causando vexames e mal estar na sociedade.   


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Por que Jesus Cuspiu antes de curar o Cego?

Mensagem com base em João 9: 1-23


I – Qual causa da Cegueira do Homem?
 Este nascera cego curiosamente para Glória de Deus, os discípulos procuravam uma causa para a cegueira e perguntaram: “Rabi, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego?”. Fizeram a pergunta possivelmente com base em Êxodo:
Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o SENHOR teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniquidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.Êxodo 20:4-5
1)Cegueira como maldição hereditária, por parte dos pais; 2)Cegueira Por causa dos próprios pecados. 3)Cegueira para que se Manifeste as Obras de Deus
Jesus descartou as duas primeiras possibilidades, com seguinte resposta:
Jesus respondeu: Nem ele pecou nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus.
João 9:2-3
              O Homem era cego para que em hora oportuna se manifestasse nele a Obra de Deus.

II – Jesus contrariando os Homens                                    …

Hagar e Ismael no Deserto- Deus Ouve

(Texto Gn. 21; 14-21)                              Abraão levanta pela madrugada, toma pão e um odre de água, dá para Hagar colocando as coisas no ombro dela, pega o menino de aproximadamente 17 anos entrega-o para Hagar e despede a ambos, e despede. Hagar sai uma direção definida no deserto de Berseba, e sai errante. (Gn. 21; 14)
                         Uma dor e uma confiança tremenda dentro de Abraão. Ele sabia que nem Hagar e nem Ismael iriam morrer no deserto, porque Deus havia lhe garantido que faria de Ismael uma grande nação, e para isso Deus supriria todas as necessidades.                          Por outro lado Sara sua esposa estava muito incomodada, com o desprezo de Ismael em relação à Isaque, estava surgindo um clima muito comprometedor entre Ismael e Isaque, o que poderia cedo ou tarde gerar graves conseqüências. O próprio Deus aceitou a proposta de Sara, porque Deus havia traçado um Propósito na vida de Ismael à parte da casa de Abraão. Mais tarde tudo indica que casa de…

Zacarias, pai de João Batista- Parte 1 (Personagens Bíblicos)

Dados Gerais sobre Zacarias, pai de João Batista  

A postagem visa facilitar estudos sobre a pessoa exemplar de Zacarias, pai de João Batista, deixando claro, logo no principio que admite -se cópias desta postagem desde se cumpra as normas dos Direitos Autorais.

Zacarias (do hebraico זְכַרְיָה, Zekariyah, "Deus se lembrou")