Pular para o conteúdo principal

O Maior Motivo da Traição de Judas e o Evangelho Distorcido Hoje


A Traição de Judas
   
                                      A Mensagem de Cristo importunava as Religiões e abalava as estruturas das religiões firmadas em tradições e mergulhada em filosofias humanas. Jesus visitava as Cidades mais carentes, os grotões do Império, onde a religião se recusava a trabalhar. E de lá dos grotões, dos valados, desenvolvendo um trabalho social e dinâmico de evangelismo com os desvalidos e rejeitados Jesus despontava como um grande líder, dissipando todas as trevas no vale da escuridão.

Isaías 9:1 Mas para a que estava aflita não haverá escuridão. Nos primeiros tempos, ele envileceu a terra de Zebulom, e a terra de Naftali;
 mas nos últimos tempos fará glorioso o caminho do mar, 
além do Jordão, a Galiléia dos gentios.
2 O povo que andava em trevas viu uma grande luz; e sobre os que habitavam na terra de profunda escuridão resplandeceu a luz.
3 Tu multiplicaste este povo, a alegria lhe aumentaste; 
todos se alegrarão perante ti, 
como se alegram na ceifa e como exultam quando se repartem os despojos.
4 Porque tu quebraste o jugo da sua carga e o bordão do seu ombro, 
que é o cetro do seu opressor, como no dia de Midiã.

Compare:
Mt. 4:13 e, deixando Nazaré, foi habitar em Cafarnaum, cidade marítima, nos confins de Zabulom e Naftali;
14 para que se cumprisse o que fora dito pelo profeta Isaías:
15 A terra de Zabulom e a terra de Naftali, o caminho do mar,
além do Jordão, a Galiléia dos gentios,
16 o povo que estava sentado em trevas viu uma grande luz; sim, aos que estavam sentados na região da sombra da morte, a estes a luz raiou.
17 Desde então começou Jesus a pregar, e a dizer: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus.

                                   Ao contrario de alguns mega- ministérios que visam primeiro as grandes cidade de renda per- capita maior e IDH elevado (índice de desenvolvimento Humano). Cristo pregou para as grandes massas, a população mais carente, geralmente desempregada, pobre, miserável, doente e sem uma boa perspectiva de vida.
                                   Os ricos chegavam até ele, e não eram desprezados e nem obrigados a desfazer de suas riquezas para dá para a Igreja. E sim dividir com os pobres, hoje encontramos ministérios que “Induz” fazer barganha com Deus, trocando grandes ofertas de sacrifício em troca de um tesouro terreno maior, ou seja, sacrifica um Bem Material, ou oferta uma grande quantia em dinheiro para obter mansões, carros importados, empresas...  Deixando a salvação no segundo plano, ou terceiro plano...
O Evangelho de Cristo Jesus, nosso Senhor e Salvador trás pelo menos 04 itens:
·        A Salvação das almas ricas e pobres, sem preconceito de raça, cor, nível social ou intelectual, não despreza as profissões de Policiais, Advogados, Médicos, cantores, Jogadores de Futebol... (Mt. 11:27-29)

·         O Batismo com o Espírito Santo: Nesse batismo está o Falar em Novas Línguas (Mc. 167:15-18), não apenas a antiga e conhecida língua nativa. Há o idioma comum, que podemos chamar de língua dos homens e o Idioma Incomum o qual podemos denominar como a língua dos Anjos (1ª Co. 13: 1) e para essa língua angelical vem o dom de Interpretação de Línguas.

1ª Co. 12: 10 a outro a operação de milagres; a outro a profecia; a outro o dom de discernir espíritos; a outro a variedade de línguas; e a outro a interpretação de línguas.

·                          Na comunhão com Deus está o Dom de Profecia e o Ministério do Ensino Teológico baseado e firmado na Bíblia e não em antigas tradições e filosofias. Alguns ministérios estão somente entranhados no conhecimento e totalmente fora da Graça de Deus, confunde emoção com razão, e não sabem discernir a Teologia Divina da Teologia Diabólica e Humana. A Comunhão com Deus facilita a manifestação de todos os Dons Espirituais, principalmente -

·                              A Cura Interior como a Depressão, libertação de Vícios danosos, libertação de Espíritos Malignos... E quando necessário a Cura Exterior como exemplo a cura de câncer, AIDS, a cura de paralíticos, cegos, mudos, surdos...  O que está ficando cada vez mais raro dentro das Igrejas.

·                              Evangelho que supre as necessidades terrenas e espirituais em abundancias (Sl 23/ Sl. 37: 25) , não um Evangelho mesquinho de miseráveis, mendicância ou coisa semelhante. Do mesmo modo não é um Evangelho de Bilionários, com posse de varias propriedades de Terra, empresários donos de multinacionais... 

Mt. 6: 33 Mas buscai primeiro o seu reino e a sua justiça, 
e todas estas coisas vos serão acrescentadas.


Obs.: Tem Supostos  Apóstolos, Bispos e Pastores vendendo Jesus e trocando por dinheiro. 



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Por que Jesus Cuspiu antes de curar o Cego?

Mensagem com base em João 9: 1-23


I – Qual causa da Cegueira do Homem?
 Este nascera cego curiosamente para Glória de Deus, os discípulos procuravam uma causa para a cegueira e perguntaram: “Rabi, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego?”. Fizeram a pergunta possivelmente com base em Êxodo:
Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o SENHOR teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniquidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.Êxodo 20:4-5
1)Cegueira como maldição hereditária, por parte dos pais; 2)Cegueira Por causa dos próprios pecados. 3)Cegueira para que se Manifeste as Obras de Deus
Jesus descartou as duas primeiras possibilidades, com seguinte resposta:
Jesus respondeu: Nem ele pecou nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus.
João 9:2-3
              O Homem era cego para que em hora oportuna se manifestasse nele a Obra de Deus.

II – Jesus contrariando os Homens                                    …

Hagar e Ismael no Deserto- Deus Ouve

(Texto Gn. 21; 14-21)                              Abraão levanta pela madrugada, toma pão e um odre de água, dá para Hagar colocando as coisas no ombro dela, pega o menino de aproximadamente 17 anos entrega-o para Hagar e despede a ambos, e despede. Hagar sai uma direção definida no deserto de Berseba, e sai errante. (Gn. 21; 14)
                         Uma dor e uma confiança tremenda dentro de Abraão. Ele sabia que nem Hagar e nem Ismael iriam morrer no deserto, porque Deus havia lhe garantido que faria de Ismael uma grande nação, e para isso Deus supriria todas as necessidades.                          Por outro lado Sara sua esposa estava muito incomodada, com o desprezo de Ismael em relação à Isaque, estava surgindo um clima muito comprometedor entre Ismael e Isaque, o que poderia cedo ou tarde gerar graves conseqüências. O próprio Deus aceitou a proposta de Sara, porque Deus havia traçado um Propósito na vida de Ismael à parte da casa de Abraão. Mais tarde tudo indica que casa de…

Zacarias, pai de João Batista- Parte 1 (Personagens Bíblicos)

Dados Gerais sobre Zacarias, pai de João Batista  

A postagem visa facilitar estudos sobre a pessoa exemplar de Zacarias, pai de João Batista, deixando claro, logo no principio que admite -se cópias desta postagem desde se cumpra as normas dos Direitos Autorais.

Zacarias (do hebraico זְכַרְיָה, Zekariyah, "Deus se lembrou")