Pular para o conteúdo principal

Por que Jesus Cuspiu?



Mensagem com base em João 9: 1-23

  Este nascera cego curiosamente para Glória de Deus, os discípulos procuravam uma causa para a cegueira e perguntaram: “Rabi, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego?”.
Fizeram a pergunta possivelmente com base em Êxodo:

Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o SENHOR teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniquidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam. Êxodo 20:4-5


    1)      Cegueira como maldição hereditária, por parte dos pais;
    2)     Por causa dos próprios pecados.

Jesus descartou as duas possibilidades, com seguinte resposta:

Jesus respondeu: Nem ele pecou nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus. 
João 9:2-3

                                   Então Jesus fez um ato contraditório para muito, que causou polemica e causa até hoje:

Convém que eu faça as obras daquele que me enviou,
 enquanto é dia;
a noite vem, quando ninguém pode trabalhar.
Enquanto estou no mundo, sou a luz do mundo.
Tendo dito isto, cuspiu na terra, e com a saliva fez lodo, e untou com o lodo os olhos do cego.
E disse-lhe: Vai, lava-te no tanque de Siloé (que significa o Enviado). Foi, pois, e lavou-se, e voltou vendo. 
João 9:3-7

                                   Com essa atitude em pleno sábado, contraria a muitos, principalmente aqueles que defendiam que nada poderia se fazer no sábado, nem se quer um milagre. Contraria aqueles que duvidam que o homem veio do pó como descrito.

E formou o SENHOR Deus o homem do pó da terra, e soprou em suas narinas o fôlego da vida; e o homem foi feito alma vivente. Gênesis 2:6-7

                                   Desse modo Jesus remonta Gênesis tirando do chão o barro de onde veio Adão, cospe, cria uma espécie de lodo e unta os olhos do cego e que é conduzido até o Tanque de Siloé, que “ironicamente” significa: “O Enviado”.  Lá ele lava os olhos e volta enxergando, Diante uma tropa de Religiosos que rejeitava o mesmo como enviado.
                                   Ele trás a tona uma crença daquela época que dividia a opinião de grupos judaicos, a crença consistia em afirmar que a saliva tinha poderes curativos, mas as opiniões eram dividas por que alguns grupos não criam nisso, abominava e reprovava tal ato, alegando que fazia parte de Práticas místicas. Aí Jesus cospe no barro unge os olhos do cego, este lava os olhos no tanque de Siloé e volta enxergando para a honra e gloria de Deus, causando confusão no meio de círculos judaicos.
                                   Pessoas que conheciam o cego, não reconheciam vendo-o enxergar, todos ficaram surpreendidos. Aquele milagre foi resultado de barro e saliva, causando impacto nas pessoas, o que até hoje ainda causa. Mas Jesus veio mesmo para se revelar para os simples, e seus atos muitas vezes eram proféticos, e utilizava parábolas para confundir a muitos que queriam confundir sua mensagem.

O Ex cego foi levado até os lideres dos fariseus, para confirmar o milagre, e ao mesmo tempo explica-lo. O que ninguém era capaz, senão com auxilio divino, para este auxilio vir, necessitaria aceitar o seu Enviado, Cristo Jesus. Os fariseus ficaram confusos, imagino que perguntavam entre si: Como pode um milagre desse tipo acontecer em pleno sábado?
Eles não queriam aceitar o milagre de modo algum e mandaram até chamar o pai do rapaz, para confirmar se o rapaz era cego ou não. Ficaram perplexos como até hoje, muitos ficam.

Conclusão; Jesus como Deus e Senhor absoluto opera sinais e maravilhas, quando ele quer, onde ele desejar, e como ELE bem quer e entende. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Por que Jesus Cuspiu antes de curar o Cego?

Mensagem com base em João 9: 1-23


I – Qual causa da Cegueira do Homem?
 Este nascera cego curiosamente para Glória de Deus, os discípulos procuravam uma causa para a cegueira e perguntaram: “Rabi, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego?”. Fizeram a pergunta possivelmente com base em Êxodo:
Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o SENHOR teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniquidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.Êxodo 20:4-5
1)Cegueira como maldição hereditária, por parte dos pais; 2)Cegueira Por causa dos próprios pecados. 3)Cegueira para que se Manifeste as Obras de Deus
Jesus descartou as duas primeiras possibilidades, com seguinte resposta:
Jesus respondeu: Nem ele pecou nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus.
João 9:2-3
              O Homem era cego para que em hora oportuna se manifestasse nele a Obra de Deus.

II – Jesus contrariando os Homens                                    …

Hagar e Ismael no Deserto- Deus Ouve

(Texto Gn. 21; 14-21)                              Abraão levanta pela madrugada, toma pão e um odre de água, dá para Hagar colocando as coisas no ombro dela, pega o menino de aproximadamente 17 anos entrega-o para Hagar e despede a ambos, e despede. Hagar sai uma direção definida no deserto de Berseba, e sai errante. (Gn. 21; 14)
                         Uma dor e uma confiança tremenda dentro de Abraão. Ele sabia que nem Hagar e nem Ismael iriam morrer no deserto, porque Deus havia lhe garantido que faria de Ismael uma grande nação, e para isso Deus supriria todas as necessidades.                          Por outro lado Sara sua esposa estava muito incomodada, com o desprezo de Ismael em relação à Isaque, estava surgindo um clima muito comprometedor entre Ismael e Isaque, o que poderia cedo ou tarde gerar graves conseqüências. O próprio Deus aceitou a proposta de Sara, porque Deus havia traçado um Propósito na vida de Ismael à parte da casa de Abraão. Mais tarde tudo indica que casa de…

Zacarias, pai de João Batista- Parte 1 (Personagens Bíblicos)

Dados Gerais sobre Zacarias, pai de João Batista  

A postagem visa facilitar estudos sobre a pessoa exemplar de Zacarias, pai de João Batista, deixando claro, logo no principio que admite -se cópias desta postagem desde se cumpra as normas dos Direitos Autorais.

Zacarias (do hebraico זְכַרְיָה, Zekariyah, "Deus se lembrou")