Pular para o conteúdo principal

Os Tormentos após a morte são Eternos?


O Sofrimento no Hades é Eterno?
 
                                   As Testemunhas de Jeová e a Igreja Adventista do Sétimo são dois segmentos religiosos que ensinam que a morte é o aniquilamento dos ímpios, ou seja, ensinam que não existe aquele sofrimento eterno. Explica que a morte do ímpio é o fim de sua existência, neste caso os tormentos não duram para sempre, aliás, nem há tormentos e nem o inferno como lugar de punição.
                                   Mas, a Bíblia Sagrada está acima de todas as religiões, e acima de qualquer ensino humano, é justamente a Bíblia a qual é apresentada como “Palavra de Deus” e “Fundamento”, “Alicerce” de toda e qualquer religião que se diga genuinamente “Cristã”.
                                   O que diz a Bíblia sobre o sofrimento dos Ímpios? Segundo a Bíblia o Sofrimento é eterno ou temporário? Existe ou não um lugar de punição para os injustos? Cabe a nós analisarmos atentamente os ensinos da Bíblia sagrada, deixando de lado métodos e ensinos religiosos.
                                   O Senhor Jesus trouxe-nos ensinos sobre o Destino dos Justos e dos Injustos, e nestes ensinos ele deixa claro que os injustos na morte irão sofrer:
Igualmente o reino dos céus é semelhante a uma rede lançada ao mar, e que apanha toda a qualidade de peixes.
E, estando cheia, a puxam para a praia; e, assentando-se, apanham para os cestos os bons; os ruins, porém, lançam fora.
Assim será na consumação dos séculos:
virão os anjos, e separarão os maus de entre os justos,
E lançá-los-ão na fornalha de fogo; ali haverá pranto e ranger de dentes. 
Mateus 13:47-50
                                   Na Parábola da “Rede Lançada” a qual acabamos de ler, Jesus aponta uma “Sobrevida” dos Injustos, indicando que eles após a morte eles irão sofrer, a tal ponto de prantear e ranger os dentes.
E não é uma única vez que Jesus tenta nos mostrar que os Injusto sofrerão após a morte, pois na conclusão da Parábola do Joio e do Trigo, ele repete seu ensino deixando nítido o sofrimento do ímpio após a morte.

O inimigo, que o semeou, é o diabo; e a ceifa é o fim do mundo;
e os ceifeiros são os anjos.
Assim como o joio é colhido e queimado no fogo,
assim será na consumação deste mundo.
Mandará o Filho do homem os seus anjos, e eles colherão do seu reino tudo o que causa escândalo, e os que cometem iniqüidade.
E lançá-los-ão na fornalha de fogo; ali haverá pranto e ranger de dentes. 
Mateus 13:38-42

                                    Os ensinos de seitas aniquilacionistas derrapam feio nessas parábolas do Senhor Jesus, elas entram em contradição com os ensinos do Mestre Jesus. Enquanto elas ensinam que a morte é o fim de tudo para o injusto, Cristo ensina que a morte é um novo começo tanto para o justo como para o injusto.
                                   Todavia, entendemos e admitimos que o pranto, o ranger de dentes, o diabo e seus anjos, e por fim a própria mortes terão um destino definitivo.

E a besta foi presa, e com ela o falso profeta, que diante dela fizera os sinais, com que enganou os que receberam o sinal da besta, e adoraram a sua imagem. Estes dois foram lançados vivos no lago de fogo que arde com enxofre. Apocalipse 19: 19-20.

E a morte e o Hades foram lançados no lago de fogo.
Esta é a segunda morte.
E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo. Apocalipse 20: 13-15.
                                   A Besta, o falso Profeta, os adoradores da besta, os que receberam o numero da besta em suas mãos e na sua testa, o diabo e seus anjos, e todos aqueles que não se encontravam com o nome escrito no livro da vida, serão lançados no Lago de Fogo que arde com enxofre, depois do Grande Julgamento Final.
Desse modo entende-se que os tormentos dos ímpios terão três etapas:
1)      Sofrimento Terreno: Sofrerão as consequências do Mal que semearam ainda em vida.

Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará. 
Gálatas 6:6-7

2)       Sofrimento no Hades

E aconteceu que o mendigo morreu, e foi levado pelos anjos para o seio de Abraão; e morreu também o rico,
e foi sepultado.
E no inferno, ergueu os olhos, estando em tormentos,
e viu ao longe Abraão, e Lázaro no seu seio. 
Lucas 16:21-23

3)     Sofrimento no Lago de Fogo junto com Satanás e seus comparsas...

E o diabo, que os enganava, foi lançado no lago de fogo e enxofre,
onde está a besta e o falso profeta;
e de dia e de noite serão atormentados para todo o sempre. 
Apocalipse 20:9-10

                                   Até João Batista pregava o mesmo, apontando para um “Fogo Eterno”, fogo esse que se assemelha com o fogo produzido pelo homem, diferenciado por três características principais:

1)      Trata-se de um Fogo Espiritual e não material
2)     Um fogo que jamais se apaga, ao contrário desse fogo que conhecemos, o qual se apaga
3)     Fogo que aflige a Alma e não o corpo material que foi consumido pela terra.

Em sua mão tem a pá, e limpará a sua eira, e recolherá no celeiro o seu trigo, e queimará a palha com fogo que nunca se apagará. (Mt. 3:12)

Vale salientar que tais "Tormentos" não se igualam ao inferno mitológico de algumas seitas e falsas religiões, onde os caldeirões fervem com corpos humanos, e os demônios usam tridentes e vários métodos de tortura como a figura abaixo:   

 


Fica difícil de imaginar o corpo humano no inferno, uma vez a Bíblia ensina que o pó volta ao pó como era antes. 

E o pó volte à terra, como o era, e o espírito volte a Deus, que o deu. 
Eclesiastes 12:6-7

Como somos corpo, alma e espírito conforme o ensino do apostolo São Paulo:


E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo. 
1 Tessalonicenses 5:22-23

Desse modo o Espírito Retorna para Deus, o corpo volta ao pó, e alma é destinada ao Paraíso ou Hades. 

E não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma; temei antes aquele que pode fazer perecer no inferno a alma e o corpo.Mateus 10:28

                Neste caso a alma dos Injustos serão atormentadas e não seus corpos, os tormentos podem ser caracterizados como: Angustia profunda e extrema, e acima de tudo infinita, seria ainda um gigantesco peso na consciência perturbador ao extremo e inconsolável 



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Por que Jesus Cuspiu antes de curar o Cego?

Mensagem com base em João 9: 1-23


I – Qual causa da Cegueira do Homem?
 Este nascera cego curiosamente para Glória de Deus, os discípulos procuravam uma causa para a cegueira e perguntaram: “Rabi, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego?”. Fizeram a pergunta possivelmente com base em Êxodo:
Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o SENHOR teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniquidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.Êxodo 20:4-5
1)Cegueira como maldição hereditária, por parte dos pais; 2)Cegueira Por causa dos próprios pecados. 3)Cegueira para que se Manifeste as Obras de Deus
Jesus descartou as duas primeiras possibilidades, com seguinte resposta:
Jesus respondeu: Nem ele pecou nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus.
João 9:2-3
              O Homem era cego para que em hora oportuna se manifestasse nele a Obra de Deus.

II – Jesus contrariando os Homens                                    …

Hagar e Ismael no Deserto- Deus Ouve

(Texto Gn. 21; 14-21)                              Abraão levanta pela madrugada, toma pão e um odre de água, dá para Hagar colocando as coisas no ombro dela, pega o menino de aproximadamente 17 anos entrega-o para Hagar e despede a ambos, e despede. Hagar sai uma direção definida no deserto de Berseba, e sai errante. (Gn. 21; 14)
                         Uma dor e uma confiança tremenda dentro de Abraão. Ele sabia que nem Hagar e nem Ismael iriam morrer no deserto, porque Deus havia lhe garantido que faria de Ismael uma grande nação, e para isso Deus supriria todas as necessidades.                          Por outro lado Sara sua esposa estava muito incomodada, com o desprezo de Ismael em relação à Isaque, estava surgindo um clima muito comprometedor entre Ismael e Isaque, o que poderia cedo ou tarde gerar graves conseqüências. O próprio Deus aceitou a proposta de Sara, porque Deus havia traçado um Propósito na vida de Ismael à parte da casa de Abraão. Mais tarde tudo indica que casa de…

Zacarias, pai de João Batista- Parte 1 (Personagens Bíblicos)

Dados Gerais sobre Zacarias, pai de João Batista  

A postagem visa facilitar estudos sobre a pessoa exemplar de Zacarias, pai de João Batista, deixando claro, logo no principio que admite -se cópias desta postagem desde se cumpra as normas dos Direitos Autorais.

Zacarias (do hebraico זְכַרְיָה, Zekariyah, "Deus se lembrou")