Pular para o conteúdo principal

A Vinha de Nabote: Colheita de Sangue e Uvas


                                    
                          Samaria, capital do Reino de Israel, ao lado do Palácio do Governo, havia uma portentosa vinha, verdejante, frutífera, ampla, no centro da principal cidade do Reino. A Vinha chamava a atenção de todos, principalmente do Rei Acabe.
                                    Todos os dias, Acabe levantava de sua cama e deparava com aquela vasta vinha, imaginava os lucros que ela dava a seu proprietário Nabote, o Jizreelita.

I Reis  21:1 Sucedeu depois destas coisas que, tendo Nabote, o jizreelita, uma vinha em Jizrreel, junto ao palácio de Acabe, rei de Samária,

                                   O Rei Acabe, começou a alimentar em seu coração o desejo de possuir aquela vinha, esse desejo crescia a cada dia que via o vinhedo; nesse caso cuidou de procurar Nabote, o dono da vinha para assim compra-la e possuí-la.
                                   Porém, havia um grande obstáculo da venda da vinha, ela não poderia ser vendida e nem trocada, pois era uma herança. E Propriedades (herança) como a de Nabote havia Leis em Israel, regras estabelecidas que eram perpetuas e não poderia ser revogadas. (Levitico 25: 10-34)
                                   O Perverso Rei Acabe sabia que Nabote não poderia violar as Leis de Moisés, mas, tentava subornar Nabote, propondo-lhe:

 -A venda
- A troca
                                   Quando segundo a Lei Mosaica, na condição de Nabote, só era possível arrendar a Vinha. O Plano de Acabe era maldoso, visava apenas o seu lucro, e ainda por cima induzir a Nabote e usar de engano com seus pais e parentes, além de violar as Leis mosaicas. 
Nabote não se deixou as propostas de Acabe lhe seduzirem, recusou as propostas do Rei o que deixou o rei extremante triste. O Rei estava consumido pela inveja, ficou inconformado com a recusa de Nabote, abateu seu espírito e não quis comer, o que chamou a atenção de sua esposa maligna Jezabel. (1 Rs. 21: 4-11) Ela procurou saber o que havia acontecido e o rei lhe contou tudo a seu modo. Diante do exposto Jezabel procurou meios para resolver o problema.
                                   A Perversa jezabel escreveu carta, usando o sinete do rei maliciosamente, determinando uma sentença de morte a Nabote. 
1ª Rs. 21: 7 Ao que Jezabel, sua mulher, lhe disse: Governas tu agora no reino de Israel? Levanta-te, come, e alegre-se o teu coração;
eu te darei a vinha de Nabote, o jizreelita.
8 Então escreveu cartas em nome de Acabe e, selando-as com o sinete dele, mandou-as aos anciãos e aos nobres que habitavam com Nabote na sua cidade.
9 Assim escreveu nas cartas: Apregoai um jejum,
e ponde Nabote diante do povo.
10 E ponde defronte dele dois homens, filhos de Belial, que testemunhem contra ele, dizendo: Blasfemaste contra Deus e contra o rei.
Depois conduzi-o para fora, e apedrejai-o até que morra.
11 Pelo que os homens da cidade dele, isto é, os anciãos e os nobres que habitavam na sua cidade, fizeram como Jezabel lhes ordenara,
conforme estava escrito nas cartas que ela lhes mandara.

                   Levantaram falso testemunho contra Nabote, acusando-o de dois crimes gravíssimos em Israel:

- Blasfêmia contra o Deus de Israel
- Blasfêmia contra o Rei de Israel
Sentença: Pena de Morte por Apedrejamento.

                        Ao saber da noticia da morte de Nabote, Acabe não se comoveu, ficou sabendo da morte de Nabote por meio de Jezabel (1 ª Rs. 21:14,15) e sabendo da morte criou animo e determinação para tomar posse da vinha de Acabe, sem nenhum temor ou arrependimento.   

A Sentença Divina contra o Rei Acabe e sua Casa

1ª Rs. 21:16 Quando Acabe ouviu que Nabote já era morto, levantou-se para descer à vinha de Nabote, o jizreelita,a fim de tomar posse dela.
17 Então veio a palavra do Senhor a Elias, o tisbita, dizendo:
18 Levanta-te, desce para encontrar-te com Acabe, rei de Israel, que está em Samária. 
Eis que está na vinha de Nabote,
 aonde desceu a fim de tomar posse dela.
19 E falar-lhe-ás, dizendo: Assim diz o Senhor: Porventura não mataste e tomaste a herança? Falar-lhe-ás mais, dizendo: Assim diz o Senhor: 
No lugar em que os cães lamberam o sangue de Nabote,
 lamberão também o teu próprio sangue.
20 Ao que disse Acabe a Elias: Já me achaste, ó inimigo meu? Respondeu ele: Achei-te; porque te vendeste para fazeres o que é mau aos olhos do Senhor.
21 Eis que trarei o mal sobre ti; lançarei fora a tua posteridade, e arrancarei de Acabe todo homem, escravo ou livre, em Israel;
22 e farei a tua casa como a casa de Jeroboão, filho de Nebate, e como a casa de Baasa, filho de Aías, por causa da provocação com que me provocaste à ira, fazendo Israel pecar.
23 Também acerca de Jezabel falou o Senhor, dizendo:
Os cães comerão Jezabel junto ao antemuro de Jizreel.
24 Quem morrer a Acabe na cidade, os cães o comerão; e o que lhe morrer no campo, 
as aves do céu o comerão.
25 (Não houve, porém, ninguém como Acabe,
que se vendeu para fazer o que era mau aos olhos do Senhor,
sendo instigado por Jezabel, sua mulher.
26 E fez grandes abominações, seguindo os ídolos, conforme tudo o que fizeram os amorreus, os quais o Senhor lançou fora da sua possessão,
de diante dos filhos de Israel.)
27 Sucedeu, pois, que Acabe, ouvindo estas palavras, rasgou as suas vestes, cobriu de saco a sua carne, e jejuou;
e jazia em saco, e andava humildemente.
28 Então veio a palavra do Senhor a Elias, o tisbita, dizendo:
29 Não viste que Acabe se humilha perante mim? Por isso, porquanto se humilha perante mim, não trarei o mal enquanto ele viver, 
mas nos dias de seu filho trarei o mal sobre a sua casa.

Cumprimento da Sentença (Oráculo) contra o Rei Acabe

1ª Rs. 22:34 Então um homem entesou o seu arco, e atirando a esmo, feriu o rei de Israel por entre a couraça e a armadura abdominal. Pelo que ele disse ao seu carreteiro: Dá volta, e tira-me do exército, porque estou gravemente ferido.
35 E a peleja tornou-se renhida naquele dia; contudo o rei foi sustentado no carro contra os sírios; porém à tarde ele morreu;
e o sangue da ferida corria para o fundo do carro.
36 Ao pôr do sol passou pelo exército a palavra:
Cada um para a sua cidade, e cada um para a sua terra!
37 Morreu, pois, o rei, e o levaram para Samária, e ali o sepultaram.
38 E lavaram o seu carro junto ao tanque de Samária,
e os cães lamberam-lhe o sangue, conforme a palavra que o Senhor tinha dito; ora, as prostitutas se banhavam ali.


Cumprimento da Sentença (Profecia) contra Jezabel


2ª Rs. 9:29 Ora, Acazias começara a reinar sobre Judá no ano undécimo de Jorão, 
filho de Acabe.
30 Depois Jeú veio a Jizreel; o que ouvindo Jezabel, pintou-se em volta dos olhos, e enfeitou a sua cabeça, e olhou pela janela.
31 Quando Jeú entrava pela porta, disse ela: Teve paz Zinri, que matou a seu senhor ?
32 Ao que ele levantou o rosto para a janela e disse: 
Quem é comigo? quem? E dois ou três eunucos olharam para ele.
33 Então disse ele: Lançai-a daí abaixo. E lançaram-na abaixo; 
e foram salpicados com o sangue dela a parede e os cavalos;
 e ele a atropelou.
34 E tendo ele entrado, comeu e bebeu; depois disse: 
Olhai por aquela maldita, e sepultai-a, porque é filha de rei.
35 Foram, pois, para a sepultar; porém não acharam dela senão a caveira, 
os pés e as palmas das mãos.
36 Então voltaram, e lho disseram. Pelo que ele disse:
Esta é a palavra do Senhor, que ele falou por intermédio de Elias,
o tisbita, seu servo, dizendo:
No campo de Jizreel os cães comerão a carne de Jezabel,
37 e o seu cadáver será como esterco sobre o campo, na herdade de Jizreel; de modo que não se poderá dizer: Esta é Jezabel.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Por que Jesus Cuspiu antes de curar o Cego?

Mensagem com base em João 9: 1-23


I – Qual causa da Cegueira do Homem?
 Este nascera cego curiosamente para Glória de Deus, os discípulos procuravam uma causa para a cegueira e perguntaram: “Rabi, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego?”. Fizeram a pergunta possivelmente com base em Êxodo:
Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o SENHOR teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniquidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.Êxodo 20:4-5
1)Cegueira como maldição hereditária, por parte dos pais; 2)Cegueira Por causa dos próprios pecados. 3)Cegueira para que se Manifeste as Obras de Deus
Jesus descartou as duas primeiras possibilidades, com seguinte resposta:
Jesus respondeu: Nem ele pecou nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus.
João 9:2-3

              O Homem era cego para que em hora oportuna se manifestasse nele a Obra de Deus.

II – Jesus contrariando os Homens                                    …

Hagar e Ismael no Deserto- Deus Ouve

(Texto Gn. 21; 14-21)                              Abraão levanta pela madrugada, toma pão e um odre de água, dá para Hagar colocando as coisas no ombro dela, pega o menino de aproximadamente 17 anos entrega-o para Hagar e despede a ambos, e despede. Hagar sai uma direção definida no deserto de Berseba, e sai errante. (Gn. 21; 14)
                         Uma dor e uma confiança tremenda dentro de Abraão. Ele sabia que nem Hagar e nem Ismael iriam morrer no deserto, porque Deus havia lhe garantido que faria de Ismael uma grande nação, e para isso Deus supriria todas as necessidades.                          Por outro lado Sara sua esposa estava muito incomodada, com o desprezo de Ismael em relação à Isaque, estava surgindo um clima muito comprometedor entre Ismael e Isaque, o que poderia cedo ou tarde gerar graves conseqüências. O próprio Deus aceitou a proposta de Sara, porque Deus havia traçado um Propósito na vida de Ismael à parte da casa de Abraão. Mais tarde tudo indica que casa de…

Zacarias, pai de João Batista- Parte 1 (Personagens Bíblicos)

Dados Gerais sobre Zacarias, pai de João Batista  

A postagem visa facilitar estudos sobre a pessoa exemplar de Zacarias, pai de João Batista, deixando claro, logo no principio que admite -se cópias desta postagem desde se cumpra as normas dos Direitos Autorais.

Zacarias (do hebraico זְכַרְיָה, Zekariyah, "Deus se lembrou")