Pular para o conteúdo principal

O Segundo Cavaleiro do Apocalipse

   

01 -  A Comparação,
02 -  A Identificação
03 -  A Interpretação
04 -  A Missão
05 -  A Área de Atuação
06 -  A Explanação
07 -  A Conclusão



    01 - A Comparação:

E, havendo aberto o segundo selo, ouvi o segundo animal, dizendo: Vem, e vê.
E saiu outro cavalo, vermelho; e ao que estava assentado sobre ele foi dado que tirasse a paz da terra, e que se matassem uns aos outros; e foi-lhe dada uma grande espada.
 Apocalipse 6:2-4

Comparação entre Apocalipse e Zacarias

Aos vinte e quatro dias do mês undécimo (que é o mês de Sebate), no segundo ano de Dario, veio à palavra do Senhor ao profeta Zacarias, filho de Baraquias, filho de Ido, dizendo:
Olhei de noite, e vi um homem montado num cavalo vermelho; e ele estava parado entre as murtas que estavam na baixada; e atrás dele estavam cavalos vermelhos, baios com malhas e brancos. Zacarias 1:7-8

E os cavalos fortes saíam, e procuravam ir por diante, para percorrerem a terra. E ele disse: 


Ide, percorrei a terra. E percorreram a terra.
E chamou-me, e falou-me, dizendo: Eis que aqueles que saíram para a terra do norte fizeram repousar o meu Espírito na terra do norte. Zacarias 6:6-8


02 - A Identificação:

            Quem é o cavaleiro assentado no cavalo vermelho? Seria um Anjo do Bem ou do Mal? Seria ele um Anjo especifico de Guerra ou discórdias entre os homens?
            O Anjo que estava ao lado do Profeta Zacarias durante as visões identifica este cavaleiro como os demais da seguinte maneira:

Aos vinte e quatro dias do mês undécimo (que é o mês de Sebate), no segundo ano de Dario, veio à palavra do Senhor ao profeta Zacarias, filho de Baraquias, filho de Ido, dizendo:
Olhei de noite, e vi um homem montado num cavalo vermelho; e ele estava parado entre as murtas que estavam na baixada; e atrás dele estavam cavalos vermelhos, malhados e brancos.
E eu disse: Senhor meu, quem são estes? E disse-me o anjo que falava comigo: Eu te mostrarei quem são estes.
Então respondeu o homem que estava entre as murtas, e disse: Estes são os que o Senhor tem enviado para percorrerem a terra. Zacarias 1:6-10

          Este cavaleiro Não seria um Anjo Mal, conforme a revelação de Zacarias trata-se Ser enviado por Deus para percorrer a Terra (Zc. 1: 10) É um Espírito que está perante Jeová dos Exércitos (Zc. 6:3-5) encarregado de levar noticias da humanidade para Deus. (Zc 1: 11).  

E respondi, dizendo ao anjo que falava comigo: Que é isto, senhor meu?
E o anjo respondeu, dizendo-me: Estes são os quatro espíritos dos céus, saindo donde estavam perante o Senhor de toda a terra. Zacarias 6:3-5

E eu disse: Senhor meu, quem são estes? E disse-me o anjo que falava comigo: Eu te mostrarei quem são estes.
Então respondeu o homem que estava entre as murtas, e disse: Estes são os que o Senhor tem enviado para percorrerem a terra.
E eles responderam ao anjo do Senhor, que estava entre as murtas, e disseram: Nós já percorremos a terra, e eis que toda a terra está tranqüila e quieta. Zacarias 1:8-11

                   O Cavaleiro assentado no cavalo Vermelho é um Espírito que está perante Deus, que percorre a terra observando a humanidade e leva as informações até Jeová Deus, e, aguarda ordem do Supremo Deus para executa-las no Fim dos Tempos.


3. 03 - A  Interpretação:

                                   Interpretando a Visão do Apóstolo João de acordo com a visão do Profeta Zacarias, chegam-se as seguintes conclusões:
·         O Cavaleiro assentado no cavalo Vermelho percorrerá toda a Terra (Zc 6: 6-8)
·         O Cavaleiro assentado no cavalo Vermelho vai trabalhar em conjunto com os demais cavaleiros (Zc. 6:6-8 e Ap. 6:8).
·         O Cavaleiro assentado no Cavalo vermelho é um instrumento divino para tirar a paz dos Homens maus para que matem uns aos outros (Ap. 6:4)
·         O Cavaleiro assentado no cavalo Vermelho tem uma Grande Espada para alcançar e ferir seus oponentes causando discórdias, conflitos, mortes (...) entre eles.


4.04 - A Missão:

E, havendo aberto o segundo selo, ouvi o segundo animal, dizendo: Vem, e vê.
E saiu outro cavalo, vermelho; e ao que estava assentado sobre ele foi dado que tirasse a paz da terra, e que se matassem uns aos outros; e foi-lhe dada uma grande espada. Apocalipse 6:2-4

 

Sua Missão é Tirar a Paz entre os Iníquos colocando entre eles a discórdia, o ódio, a contenda, a intriga, a falsidade, a mentira, a confusão (...) a tal ponto de se matarem uns aos outros.
Sua Espada é para travar a Guerra contra os inimigos de Deus.
Sua cavalgada em países e terras pacíficas semeará o ódio e o combate entre os ímpios. O que vai ocasionar em guerras civis e/ou  guerras contra as nações vizinhas.
Sua caminhada será marcada pelo aumento da violência entre os homens maus contra eles mesmos.
Seu Cavalo Vermelho indica força, preparação para guerra, velocidade, coragem (...). A cor vermelha trás a memória a cor do sangue.
Seu rastro será um rastro de Guerras e Batalhas sangrentas entre os homens  


05A Área de Atuação:

                        Este cavaleiro cavalgará em todas as nações do globo terrestre, rompendo todas as barreiras e acordos de paz entre elas, e até mesmo entre pessoas com um único objetivo: Tirar a paz e Causar a Guerra entre os homens injustos.

Então voltareis e vereis a diferença entre o justo e o ímpio; entre o que serve a Deus, e o que não o serve. Malaquias 3: 18

                        Os justos serão poupados, pois os Instrumentos de Juízo Divino tem como principal característica atingir os maus e poupar os Justos, o mesmo que sucedeu na Terra do Egito, quando as Pragas atingiram apenas os Egípcios que oprimiam a Israel.
Somente na terra de Gósen, onde estavam os filhos de Israel, não havia saraiva. Êxodo 9: 26
E naquele dia eu separarei a terra de Gósen, em que meu povo habita que nela não haja enxames de moscas para que saibas que eu sou o Senhor no meio desta terra. Êxodo 8: 22


606 - A Explanação

             Notemos que apesar do cavaleiro possuir uma espada em mão, não significa que ele seja o principal causador da Guerra, pois, a Espada nem sempre simboliza a Guerra, mas, através dela pode vir à inimizade entre os melhores amigos com más conversações que separam os melhores amigos e corrompem os bons costumes.  

Esconde-me do secreto conselho dos maus, e do tumulto dos que praticam a iniqüidade.
Que afiaram as suas línguas como espadas; e armaram por suas flechas palavras amargas,
A fim de atirarem em lugar oculto ao que é íntegro; disparam sobre ele repentinamente, e não temem. Salmos 64:1-4

Espada simboliza: Intrigas, Confusão, Guerra, Palavra de Deus, perseguição (...).

            Certa vez Deus enviou entre os adversários de Davi um espírito de confusão, que não resultou numa guerra, mas em intrigas entre os inimigos de Davi, resultando no suicídio de um dos maiores rivais de Davi. (2ª Sm. capítulos 16 e 17).

 
                     A Primavera Árabe deflagrada em 2011 alimentada por Redes Sociais contribuíram para a queda de Ditadores que até então pareciam imbatíveis como Hosni Mubarak (Egito) e Muammar Khadafi (Líbia). E causa grande transtorno na Síria, sem contar que nos países onde houve as Revoltas instalou-se o caos, a instabilidade econômica e politica, desordem social (anarquia).
            Com a cavalgada deste cavaleiro assentado no cavalo vermelho e outros cavaleiros que montam os cavalos: Branco, Preto e baio, a primavera árabe seria apenas uma pequena amostra do galope do cavalo vermelho.   
                     

7. 07 - A Conclusão


Não é bom confundir os Cavaleiros do Apocalipse com Demônio, pois se comparado com os textos de Zacarias compreende-se que eles são espíritos que estão diante de Deus, percorrem a terra e levam noticias para Deus de como estão se comportando os homens. Tanto este cavaleiro como os demais estão aguardando as Ordens de Jeová dos Exércitos para a peleja no Fim dos Tempos e sempre que necessário. 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Por que Jesus Cuspiu antes de curar o Cego?

Mensagem com base em João 9: 1-23


I – Qual causa da Cegueira do Homem?
 Este nascera cego curiosamente para Glória de Deus, os discípulos procuravam uma causa para a cegueira e perguntaram: “Rabi, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego?”. Fizeram a pergunta possivelmente com base em Êxodo:
Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o SENHOR teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniquidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.Êxodo 20:4-5
1)Cegueira como maldição hereditária, por parte dos pais; 2)Cegueira Por causa dos próprios pecados. 3)Cegueira para que se Manifeste as Obras de Deus
Jesus descartou as duas primeiras possibilidades, com seguinte resposta:
Jesus respondeu: Nem ele pecou nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus.
João 9:2-3

              O Homem era cego para que em hora oportuna se manifestasse nele a Obra de Deus.

II – Jesus contrariando os Homens                                    …

Hagar e Ismael no Deserto- Deus Ouve

(Texto Gn. 21; 14-21)                              Abraão levanta pela madrugada, toma pão e um odre de água, dá para Hagar colocando as coisas no ombro dela, pega o menino de aproximadamente 17 anos entrega-o para Hagar e despede a ambos, e despede. Hagar sai uma direção definida no deserto de Berseba, e sai errante. (Gn. 21; 14)
                         Uma dor e uma confiança tremenda dentro de Abraão. Ele sabia que nem Hagar e nem Ismael iriam morrer no deserto, porque Deus havia lhe garantido que faria de Ismael uma grande nação, e para isso Deus supriria todas as necessidades.                          Por outro lado Sara sua esposa estava muito incomodada, com o desprezo de Ismael em relação à Isaque, estava surgindo um clima muito comprometedor entre Ismael e Isaque, o que poderia cedo ou tarde gerar graves conseqüências. O próprio Deus aceitou a proposta de Sara, porque Deus havia traçado um Propósito na vida de Ismael à parte da casa de Abraão. Mais tarde tudo indica que casa de…

Cabelo da Mulher Cristã- Nove (09) Lições Bíblicas

Referencias: 1ª Co. 11:4-15/ 1ª Tm. 2: 9,10/ 1ª Pe. 3: 1-3

                           Três passagens bíblicas utilizadas por “teólogos” radicais, com estilo farisaico, para proibir as tranças, cortes e frisados nos cabelos, além do uso de jóias.  Mas em destaque nesta postagem, é o cabelo da Mulher Cristão. Temos postagens que tratam do uso de jóias nos seguintes sites:
Deus condena o uso de Jóias?  
http://prjefersonfabiano.blogspot.com.br/2011/10/deus-condena-o-uso-de-joias.html
O Uso de Jóias segundo Paulo e a Bíblia
http://prjefersonfabiano.blogspot.com.br/2013/01/o-uso-de-joias-segundo-paulo-e-biblia.html
Nove Lições sobre o Cabelo da Mulher Cristã segundo a Bíblia:
1.Cabelo longo da mulher cristã lhe é Honroso 2.Cabelo tosquiado/rapado na mulher cristã é Desonroso 3.Cabelo longo da mulher é sinal de poderio sobre os anjos 4.Cabelo longo em lugar do véu 5.Um traje modesto com pudor é mais importante que uma trança atraente 6.O Enfeite interior da mulher cristã vale mais do que um enfe…