Pular para o conteúdo principal

Bíblia e o Espiritismo: As 03 Revelações- Parte 1


AS três Revelações o Segundo Espiritismo:

                      Moisés: Primeira Revelação ( Pentateuco/Lei) 
                      Jesus: Segunda Revelação (Evangelhos) 
                      Espiritismo: Terceira Revelação ( Doutrina Espírita) 

                 Comparando a Primeira Revelação com a Segunda Revelação não há nenhuma lacuna de contradição. Mas se compararmos a Terceira Revelação (Espiritismo), com a primeira e/ou com a segunda encontramos um abismo de contradições. Veja aqui aqui diferenças:


a) A Terceira Revelação e a Bíblia 

“Toda Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça; 17 para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente preparado para toda boa obra.” 2ª Tm. 3: 16.

           O Sábio Apóstolo Paulo apresenta toda a Bíblia como uma Escritura Sagrada.             Em nenhum lugar de toda a Bíblia encontra-se referencias a uma suposta terceira revelação, nem a primeira e nem a segunda. Toda a Bíblia Sagrada é apresentada como uma única Revelação.  
              Não existe essa teoria de primeira revelação, segunda revelação, terceira revelação, Kardec inventou essa teoria. O Apostolo Paulo é enfático ao declarar que toda a Escritura é Divinamente Inspirada e proveitosa, ou melhor, Toda a Escritura é uma (única) Revelação Divinamente Inspirada. Não dá margem para a existência de três revelações. 

b) Jesus e o Antigo Testamento 

Lucas 24: 44 - Depois lhe disse: São estas as palavras que vos falei, estando ainda convosco, que importava que se cumprisse tudo o que de mim estava escrito na Lei de Moisés, nos Profetas e nos Salmos. 45 Então lhes abriu o entendimento para compreenderem as Escrituras...
                
              Jesus divide o Velho Testamento em três compartimentos: 

  • Lei (escritos de Moisés: Gênesis até Deuteronômio) 
  • Salmos um compartimento que envolve Jó, Salmos, Provérbios, Eclesiastes e Cantares de Salomão). 
  • Profetas: Os demais livros que restam do Antigo Testamento 

              Qualquer leitor (a) pode constatar na Bíblia que o Senhor Jesus Cristo em nenhum momento apresentou ou fez qualquer referencia as três Revelações. E nem indicou a si mesmo como segunda revelação, do mesmo modo não anunciou uma terceira Revelação que haveria de vir. Pelo contrário Jesus apresenta o Velho Testamento como uma Unica mensagem (Revelação) ligada a seu Evangelho. Os Apóstolos também não apresentaram Jesus Cristo como Segunda Revelação, nem Jesus se apresentou como segunda Revelação, e, nem ainda apresentou aos Apóstolos Moisés como Primeira Revelação.

              O Nosso Mestre Jesus Cristo instruiu que veio para cumprir tanto o que Moisés escreveu sobre ele, como também tudo o que esta nos salmos e no livro dos Profetas. Cristo ensina que todo o Antigo Testamento é inspirado por Deus e que ELe veio para cumprir tudo àquilo que DELe estava escrito no Antigo Testamento. Porque o Senhor Jesus Aponta Moisés, os Salmos e todos os profetas como apenas uma Revelação, todo o Antigo Testamento é uma Revelação Inspirada por Deus.


c)    Jesus pregava a Bíblia como uma Única Revelação


E ele lhes disse: Ó néscios, e tardos de coração para crer tudo o que os profetas disseram!

Porventura não convinha que o Cristo padecesse estas coisas e entrasse na sua glória?
E, começando por Moisés, e por todos os profetas, explicava-lhes o que dele se achava em todas as Escrituras.

Em nenhum momento a mensagem do Velho Testamento entra em conflito com o Evangelho de Cristo, enquanto, que ao lermos e compararmos atentamente a Doutrina Espírita (Espiritismo) com as Escrituras Sagradas encontramos vários contrastes.                

d)     Os Primeiros Cristãos acreditavam na Escritura Sagrada:

João 2: 22 Quando, pois ressurgiu dentre os mortos, seus discípulos se lembraram de que dissera isto, e creram na Escritura, e na palavra que Jesus havia dito.


         II.      O Antigo Testamento Revelava com Detalhes a Vida
e o Ministério de Cristo


a)    A Traição de Judas Iscariotes estava predita no Antigo Testamento

João 13: 18 Não falo de todos vós; eu conheço aqueles que escolhi; mas para que se cumprisse a escritura: O que comia do meu pão, levantou contra mim o seu calcanhar.

Compare:

Sl. 41: 9 Até o meu próprio amigo íntimo em quem eu tanto confiava, e que comia do meu pão, levantou contra mim o seu calcanhar.


b)    O Salmo 22 trata com riqueza de detalhes sobre a Crucificação

Jo. 19: 24 Pelo que disseram uns aos outros: Não a rasguemos, mas lancemos sortes sobre ela, para ver de quem será (para que se cumprisse a escritura que diz: Repartiram entre si as minhas vestes, e lançaram sortes). E, de fato, os soldados assim fizeram. 37 Também há outra escritura que diz: Olharão para aquele que traspassaram.


Compare os textos do Evangelho segundo S. João com o Salmo 22

Salmos 22: 16 Pois cães me rodeiam; um ajuntamento de malfeitores me cerca; transpassaram-me as mãos e os pés. 17 Posso contar todos os meus ossos. Eles me olham e ficam a mirar-me. 18 Repartem entre si as minhas vestes, e sobre a minha túnica lançam sortes.

c)     O Profeta Isaías previu o Nascimento, o Ministério e a Crucificação

    O Nascimento

Isaías 9: 6 - Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; e o governo estará sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai Eterno, Príncipe da Paz.

   O Ministério

Isaías 61: 1 O Espírito do Senhor Deus está sobre mim, porque o Senhor me ungiu para pregar boas-novas aos mansos; enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos, e a abertura de prisão aos presos; 2 A apregoar o ano aceitável do Senhor e o dia da vingança do nosso Deus; a consolar todos os tristes; 3 A ordenar acerca dos que choram em Sião que se lhes dê uma grinalda em vez de cinzas, óleo de gozo em vez de pranto, vestidos de louvor em vez de espírito angustiado; a fim de que se chamem árvores de justiça, plantação do Senhor, para que ele seja glorificado.

Compare Isaías com Lucas

Lucas 4: 17 Foi-lhe entregue o livro do profeta Isaías; e abrindo-o, achou o lugar em que estava escrito:18 O Espírito do Senhor está sobre mim, porquanto me ungiu para anunciar boas novas aos pobres; enviou-me para proclamar libertação aos cativos, e restauração da vista aos cegos, para pôr em liberdade os oprimidos,19 e para proclamar o ano aceitável do Senhor.
20 E fechando o livro, devolveu-o ao assistente e sentou-se; e os olhos de todos na sinagoga estavam fitos nele.

   A Crucificação:

Isaías 53: 7 Ele foi oprimido e afligido, mas não abriu a boca; como um cordeiro que é levado ao matadouro, e como a ovelha que é muda perante os seus tosquiadores, assim ele não abriu a boca.

Compare Isaías com Mateus e Atos

Mateus 27: 12 Mas ao ser acusado pelos principais sacerdotes e pelos anciãos, nada respondeu. 13 Perguntou-lhe então Pilatos: Não ouves quantas coisas testificam contra ti?14 E Jesus não lhe respondeu a uma pergunta sequer; de modo que o governador muito se admirava.

At. 8: 32 Ora, a passagem da Escritura que estava lendo era esta: Foi levado como a ovelha ao matadouro, e, como está mudo o cordeiro diante do que o tosquia, assim ele não abre a sua boca.


     III.      A Bíblia e sua Influencia

                                   A Bíblia é o maior Best-Sellers de todos os tempos, é o livro mais vendido, mais lido, mais popular, mais citado, mais conhecido, mais polêmico, mais inspirador, mais sagrado, mais fácil de encontrar em qualquer idioma e lugar.
                                   Qualquer casa de família geralmente possui uma Bíblia ou mais, é dos poucos livros que na residência dos mais zelosos, cada membro da família possui seu próprio exemplar.
                                   A Nação mais poderosa do mundo EUA usa Bíblia nos tribunais, para que o réu faça juramento sobre ela, caso ele venha mentir a Justiça terrena espera que venha a Justiça Celestial sobre ele. A Constituição Federal Norte Americana foi inspirada na Bíblia, e,  é esta Constituição que serve de modelo para a Constituição Federal de vários países; inclusive o Brasil.

As cédulas Brasileiras trazem a frase:
“Deus seja Louvado”, com base nos Salmos.

 No Governo Sarney foi impressa na cédula brasileira a Frase “Deus seja Louvado”, até então a inflação era galopante e atingia índices estratosféricos, era o tempo da Hiperinflação, havia uma grande Instabilidade Econômica no Brasil, a nação trocava de moeda e ministro da Fazenda quase sempre. Note que a Economia Brasileira começou a revelar grandes melhoras depois que esta frase passou a ser impressa nas cédulas, como sinal de sua influencia positiva. (1ª Cr. 16: 36/ Sl 113:3) As autoridades de nossa nação e dos EUA têm que tomar cuidado para não se assemelhar com a profecia de Zacarias 11:4-14.

Assim diz o Senhor meu Deus: Apascenta as ovelhas destinadas para a matança, 5 cujos compradores as matam, e não se têm por culpados; e cujos vendedores dizem: Louvado seja o Senhor, porque hei enriquecido; e os seus pastores não têm piedade delas. 6 Certamente não terei mais piedade dos moradores desta terra, diz o Senhor; mas, eis que entregarei os homens cada um na mão do seu próximo e na mão do seu rei; eles ferirão a terra, e eu não os livrarei da mão deles (Zc. 11: 4).

                        Religiões, Seita, Sociedades Secretas, Instituições... Costumam usar parte da Bíblia ou a Bíblia completa para servir de alicerce para as suas Doutrinas e Ensinamentos. 
                Apesar de não ser um livro propriamente cientifico, quando Gênesis 1 relata a seqüência da Criação não erra, pelo contrário acerta, a ordem da Criação apresentada por Deus através de Moisés a mais de 3.000 anos atrás, no livro de Gênesis esta perfeitamente de acordo com a Ciência de nossos dias. O que chama ainda mais a atenção de muitos em todas as áreas. 
                          Há um verdadeiro enxame de livros religiosos inspirados na Bíblia nas livrarias e em vários locais públicos e privados. São provas de sua influencia. Para completar alguns dos autores não tem nenhum compromisso com Deus e com a realidade dos textos sagrados, termina Destilam turbilhões de heresias e sincretismos religiosos na cabeça dos leitores, causando confusões na cabeça dos incautos. 
                      Até ateus, céticos e cientistas gostam de escrever sobre a Bíblia. ou para aprova-la ou reprova-la. 


      IV.      Versículos Alterados

                                   Muitos líderes religiosos alteram versículos Bíblicos é o caso de Charles Taze Russsell (Testemunhas de Jeová) e Alziro Zarur (LBV = Legião da Boa Vontade). Charles T. Russell alterou entre outros, o texto de Gênesis 1: 2 impresso pela Torre de Vigia assim:

A terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo, mas o Espírito de Deus pairava sobre a face das águas. (Gn. 1:2)

“Ora, a terra era sem forma e vazia, e havia escuridão sobre a superfície da água de profundeza, e a força ativa de Deus movia-se por cima da superfície das águas.” (Tradução Novo Mundo)

Espírito de Deus foi literalmente trocado por Força Ativa.

 altera Lu "Glória a Deus nas maiores alturas, e paz na terra entre os homens, a quem ele quer bem." 
Alterando o Versículo para: "Paz na terra para os homens de boa vontade".
                                   O Espiritismo como qualquer Religião ou Instituição também procura inserir os ensinos da Bíblia Sagrada em seus ensinamentos, mas alguns de seus lideres desvirtuam e distorcem deliberadamente os Ensinos da Bíblia Sagrada. São várias as contradições entre a Bíblia e os Ensinos Espíritas.


         V.      A Bíblia e os Pensadores

                                   Os Maiores pensadores que a humanidade já conheceu; todos eles foram leitores da Bíblia Sagrada, Isaac Newton, San Thomaz de Aquino formulador de Teses, outros escreveram grandes obras inspiradas nelas como Victor Hugo que ficou famoso com sua Obra: “Os Miseráveis” trazendo uma grande lição de perdão, inspirado nos ensinos de Jesus.
                   Outros ficaram famosos por procurar contradizê-la como é caso de Friedrich Nietzsche com a famosa frase: “Deus está morto”, logo após sua morte nas paredes subterrâneas do metrô de Nova York onde estava a frase:

“DEUS ESTÁ MORTO”
Assinado Friedrich Nietzsche.
Depois de sua morte, logo surgiu outra frase escrita nos muros :
“NIETZSCHE ESTÁ MORTO”
Assinado DEUS.

                             Os mais conhecidos afrescos do mundo foram feitos inspirados na Bíblia: “A Virgem das Rochas” e a “A Última Ceia de Leonardo Da Vinci.  René Descartes lança uma frase polemica “Penso logo existo” assuntando áreas complexas como a Alma. Sócrates e Platão entre outros pensadores expressaram suas opiniões inspirados na Bíblia. A Extrema maioria dos Filósofos teceu algum comentário tocando assuntos pertinentes aos textos sagrados.
      Semelhante como Nietzsche o médico Leon Hippoyte Dénizard Rivail, nascido em Lion, 1804, adotando o pseudônimo de um poeta celta chamado Allan Kardec por crer ser a reencarnação desse poeta, Leon H. D. Rivail, usou textos sagrados da Bíblia para apoiar seus ensinos.
                                   Kardec escreveu “O Livro dos Espíritos” (1857) e entre 1861 e 1867 decidiu escrever mais 04 livros: “Livro dos Médiuns”, “O Evangelho Segundo o Espiritismo” onde usou e abusou de textos da Sagrada Escritura interpretando a sua maneira sem respaldo noutros textos, escreveu mais “Céu e Inferno”, “Gênesis” e Obras Póstumas usando da mesma estratégia para servir como base de suas declarações.

O Livro dos Espíritos
O Evangelho Segundo o Espiritismo
Livro dos Médiuns
Céu e Inferno
Gênesis
                                   Estas 05 Obras são hoje os pilares do Espiritismo moderno, comparando com a Bíblia e devidamente analisando sem preconceito religioso chegaremos à conclusão: Há uma série de distorções e heresias, sem contar com os conflitos científicos.

Paulo adverte os Cristãos sobre "Outros Evangelhos" 

Maravilho-me de que tão depressa passásseis daquele que vos chamou à graça de Cristo para outro evangelho; Gálatas 1:6
O qual não é outro, mas há alguns que vos inquietam e querem transtornar o evangelho de Cristo. Gálatas 1:7
Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema.Gálatas 1:8
Assim, como já vo-lo dissemos, agora de novo também vo-lo digo. Se alguém vos anunciar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema. Gálatas 1:9
               Paulo previa que futuramente tentariam "inventar" novos Evangelho, afinal, isso aconteceu, logo, no primeiro século quanto escritores Gnósticos tentavam injetar suas heresias nas mentes dos cristãos incautos suas heresias, usando nomes de apóstolos conhecidos em suas obras. Como exemplo disso cito; Evangelho e Filipe, Evangelho de Judas, Evangelho de Tomé, Maria Madalena etc..  

Porque, se alguém for pregar-vos outro Jesus que nós não temos pregado, ou se recebeis outro espírito que não recebestes, ou outro evangelho que não abraçastes, com razão o sofreríeis. 2 Coríntios 11:4

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Por que Jesus Cuspiu antes de curar o Cego?

Mensagem com base em João 9: 1-23


I – Qual causa da Cegueira do Homem?
 Este nascera cego curiosamente para Glória de Deus, os discípulos procuravam uma causa para a cegueira e perguntaram: “Rabi, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego?”. Fizeram a pergunta possivelmente com base em Êxodo:
Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o SENHOR teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniquidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.Êxodo 20:4-5
1)Cegueira como maldição hereditária, por parte dos pais; 2)Cegueira Por causa dos próprios pecados. 3)Cegueira para que se Manifeste as Obras de Deus
Jesus descartou as duas primeiras possibilidades, com seguinte resposta:
Jesus respondeu: Nem ele pecou nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus.
João 9:2-3

              O Homem era cego para que em hora oportuna se manifestasse nele a Obra de Deus.

II – Jesus contrariando os Homens                                    …

Hagar e Ismael no Deserto- Deus Ouve

(Texto Gn. 21; 14-21)                              Abraão levanta pela madrugada, toma pão e um odre de água, dá para Hagar colocando as coisas no ombro dela, pega o menino de aproximadamente 17 anos entrega-o para Hagar e despede a ambos, e despede. Hagar sai uma direção definida no deserto de Berseba, e sai errante. (Gn. 21; 14)
                         Uma dor e uma confiança tremenda dentro de Abraão. Ele sabia que nem Hagar e nem Ismael iriam morrer no deserto, porque Deus havia lhe garantido que faria de Ismael uma grande nação, e para isso Deus supriria todas as necessidades.                          Por outro lado Sara sua esposa estava muito incomodada, com o desprezo de Ismael em relação à Isaque, estava surgindo um clima muito comprometedor entre Ismael e Isaque, o que poderia cedo ou tarde gerar graves conseqüências. O próprio Deus aceitou a proposta de Sara, porque Deus havia traçado um Propósito na vida de Ismael à parte da casa de Abraão. Mais tarde tudo indica que casa de…

Zacarias, pai de João Batista- Parte 1 (Personagens Bíblicos)

Dados Gerais sobre Zacarias, pai de João Batista  

A postagem visa facilitar estudos sobre a pessoa exemplar de Zacarias, pai de João Batista, deixando claro, logo no principio que admite -se cópias desta postagem desde se cumpra as normas dos Direitos Autorais.

Zacarias (do hebraico זְכַרְיָה, Zekariyah, "Deus se lembrou")