Pular para o conteúdo principal

A Doutrina de Balaão Definição segundo a Bíblia

Porque tens lá os que seguem a doutrina de Balaão, o qual ensinava Balaque a lançar tropeços diante dos filhos de Israel, para que comessem dos sacrifícios da idolatria, e fornicassem. (Ap. 2:14)

a)           Quem foi Balaão
b)           Alimentos Consagrados a Ídolos
c)           Festas Pagãs
d)           Relações Ilícitas

Quem foi Balaão?
 Balão foi um Falso profeta gentio, filho de Beor, citado no antigo Testamento (Nm. 22-24) vendeu seus serviços a Balaque, rei dos Moabitas, e aconselhou ao Rei a enviar mulheres desavergonhadas para seduzir os homens de Israel, e assim comprometer sua fé por meio da idolatria e imoralidade (Nm 22-24). Balaão Foi morto ao fio da espada pelos filhos de Israel (Js. 13: 22). Outro erro grave de Balaão foi o de se vender ao rei dos Moabitas, Balaque, e maquinar meios impróprios para conduzir Israel para o erro e a derrota. Balaão estava tão cego e surdo espiritualmente que Deus usou uma jumenta para falar com ele. 


·         Alimentos Consagrados a Ídolos
                        Os Alimentos consagrados a Ídolos eram aqueles que por algum modo eram vendidos, doados ou distribuídos durante as celebrações de festas pagãs. O Alimento era apresentado ao Ídolo com rituais pagãos, ou simplesmente consagrado ao ídolo.
                        Às vezes faziam festas para comemorar a safra agradecendo a uma falsa divindade, então todo derivado daquela colheita era consagrado ao ídolo. Em festas pagãs mais antigas os bolos em forma de lua serviam para homenagear demônios disfarçados de deuses.
                        Hoje existem festas em homenagem a santas e santos onde a venda ou distribuição de alimentos é dedicada ao santo ou a santa. Cito dois exemplos:

•          Festa de Cosme e Damião: Onde “pais de santos” e pessoas bem intencionadas compram balas e vários doces para distribuir as crianças, como sinal de devoção a Cosme e Damião. 

•          Festas Juninas no Nordeste: Milho assado e cozinhado, canjica, entre outros derivados do milho são consumidos durante o período das festas juninas como sinal de homenagem e reverência aos santos: Antônio, João e Pedro. 

Obs.: Não é pecado consumir alimentos feitos do milho fora do período da festa junina /Durante a celebração de tais festas tem que ser levado em conta o proposito do preparo da comida se em homenagem/Adoração aos santos ou simplesmente para o consumo diário sem nenhum propósito de reverenciar algum santo ou santa.  

Vede a Israel segundo a carne; os que comem os sacrifícios não são porventura participantes do altar?
Mas que digo? Que o ídolo é alguma coisa? Ou que o sacrificado ao ídolo é alguma coisa?
Antes digo que as coisas que os gentios sacrificam, as sacrificam aos demônios, e não a Deus. E não quero que sejais participantes com os demônios.
Não podeis beber o cálice do Senhor e o cálice dos demônios; não podeis ser participantes da mesa do Senhor e da mesa dos demônios.
1 Coríntios 10:17-21

·         As Festas Pagãs

                        As Festividades Pagãs eram frequentes assim como no Brasil, onde no calendário existem várias datas dedicadas aos santos e as santas. Nas festividades pagãs do mundo antigo semelhantes às de hoje, os alimentos eram consagrados aos ídolos e em seguida oferecidos e/ou vendidos para a manutenção do templo de deuses pagãos.
Daniel, Mizael, Azarias, Hananias recusaram alimentos consagrados a deuses
estranhos 
  Membros da Igreja de Pérgamo não viam mal algum no consumo desses alimentos, mas, o SENHOR se aborrecia com o consumo, porque de algum modo servos de Deus estariam contribuindo com a manutenção dos deuses pagãos.

Havia também entre os comerciantes a consagração e devoção de vários alimentos as falsas divindades para o lucro de seu negocio, e, ao comprar e/ou consumir tais produtos os membros da Igreja de Pérgamo estavam de alguma maneira se corrompendo junto com eles.
                       
                        As festas dedicadas a essas falsas divindades trazia grande movimentação dentro de Pérgamo, os cristãos eram convidados e/ou sentia-se motivado a participarem dessas festas repletas alimentos típicos sacrificados a ídolos imundos, continha de culto aos deuses pagãos com uma série de rituais que eram uma grande atração para o público cheio de imoralidade.
                         Porventura, é diferente dos dias de Hoje? Quando fazem procissões, quermesses e festas a santos profanos com folguedos, danças e rituais, além de vendas e consumos de comidas e bebidas consagradas a ídolos que são vendidas para a manutenção e restauração de templos dedicados a santos profanos.  
                        A Doutrina de Balaão é também traduzida como aquela Doutrina que permite o sincretismo religioso, a mistura entre as Doutrinas de Cristo e o paganismo.


·         Relações Ilícitas

                         Também se tratando da Doutrina de Balaão havia a Fornicação praticada tanto durante as festividades pagãs como Relações Amorosas Ilícitas com idolatras causando desconforto e sérias complicações nas famílias.

Disse-lhes Moisés: Deixastes viver todas as mulheres? Eis que estas, por conselho de Balaão, fizeram que os filhos de Israel pecassem contra Jeová no negócio de Peor, e assim houve a praga entre a congregação de Jeová. Números 31: 14-16

                        A Doutrina de Balaão também consiste em Uniões conjugais de crentes com pessoas ímpias. Os filhos de Israel se contaminaram com as mulheres moabitas quando se uniram a elas conjugalmente. Pois as mulheres moabitas adoravam a deuses pagãos, enquanto os homens israelitas adoravam o verdadeiro, mas com esse tipo de união, havia um desiquilíbrio de fé e trazia a imoralidade.

                        Entende-se que a Doutrina de Balaão causava dois tipos de Problemas:
Prostituição Espiritual: De certo modo, o lar ficava dividido entre o Verdadeiro Dea)           Deus e os Falsos deuses. Além da contaminação física ao se relacionar com pessoas de outro credo.

Não sabeis vós que os vossos corpos são membros de Cristo? Tomarei, pois, os membros de Cristo, e os farei membros de uma meretriz? Não, por certo.
Ou não sabeis que o que se ajunta com a meretriz, faz-se um corpo com ela? Porque serão, disse, dois numa só carne.
Mas o que se ajunta com o Senhor é um mesmo espírito.
Fugi da fornicação. Todo o pecado que o homem comete é fora do corpo; mas o que fornica peca contra o seu próprio corpo.
Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos? 1 Coríntios 6:14-19

b)        Consumo de Alimentos consagrados a Ídolos: É o mesmo que Fazer parte da mesa de Deus e da mesa dos demônios.

                        Na verdade pareceu bem ao Espírito Santo e a nós, não vos impor mais encargo algum, senão estas coisas necessárias:
Que vos abstenhais das coisas sacrificadas aos ídolos, e do sangue, e da carne sufocada, e da fornicação, das quais coisas bem fazeis se vos guardardes. Bem vos vá. Atos 15: 28-29

                                   Esses Problemas também eram agravantes na Igreja de Coríntios e o apostolo Paulo combateu veementemente. Deus não divide sua glória com outrem, nem admite tais abominações no meio de seu povo. Seria o que podemos chamar de "Jugo Desigual" como Paulo denominou. 

Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas? 2 Coríntios 6:14

Outras Observações sobre Balaão

Os quais, deixando o caminho direito, erraram seguindo o caminho de Balaão, filho de Beor, que amou o prêmio da injustiça; 2 Pedro 2:15
Ai deles! porque entraram pelo caminho de Caim, e foram levados pelo engano do prêmio de Balaão, e pereceram na contradição de Coré. Judas 1:11

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Por que Jesus Cuspiu antes de curar o Cego?

Mensagem com base em João 9: 1-23


I – Qual causa da Cegueira do Homem?
 Este nascera cego curiosamente para Glória de Deus, os discípulos procuravam uma causa para a cegueira e perguntaram: “Rabi, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego?”. Fizeram a pergunta possivelmente com base em Êxodo:
Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o SENHOR teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniquidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.Êxodo 20:4-5
1)Cegueira como maldição hereditária, por parte dos pais; 2)Cegueira Por causa dos próprios pecados. 3)Cegueira para que se Manifeste as Obras de Deus
Jesus descartou as duas primeiras possibilidades, com seguinte resposta:
Jesus respondeu: Nem ele pecou nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus.
João 9:2-3

              O Homem era cego para que em hora oportuna se manifestasse nele a Obra de Deus.

II – Jesus contrariando os Homens                                    …

Hagar e Ismael no Deserto- Deus Ouve

(Texto Gn. 21; 14-21)                              Abraão levanta pela madrugada, toma pão e um odre de água, dá para Hagar colocando as coisas no ombro dela, pega o menino de aproximadamente 17 anos entrega-o para Hagar e despede a ambos, e despede. Hagar sai uma direção definida no deserto de Berseba, e sai errante. (Gn. 21; 14)
                         Uma dor e uma confiança tremenda dentro de Abraão. Ele sabia que nem Hagar e nem Ismael iriam morrer no deserto, porque Deus havia lhe garantido que faria de Ismael uma grande nação, e para isso Deus supriria todas as necessidades.                          Por outro lado Sara sua esposa estava muito incomodada, com o desprezo de Ismael em relação à Isaque, estava surgindo um clima muito comprometedor entre Ismael e Isaque, o que poderia cedo ou tarde gerar graves conseqüências. O próprio Deus aceitou a proposta de Sara, porque Deus havia traçado um Propósito na vida de Ismael à parte da casa de Abraão. Mais tarde tudo indica que casa de…

Cabelo da Mulher Cristã- Nove (09) Lições Bíblicas

Referencias: 1ª Co. 11:4-15/ 1ª Tm. 2: 9,10/ 1ª Pe. 3: 1-3

                           Três passagens bíblicas utilizadas por “teólogos” radicais, com estilo farisaico, para proibir as tranças, cortes e frisados nos cabelos, além do uso de jóias.  Mas em destaque nesta postagem, é o cabelo da Mulher Cristão. Temos postagens que tratam do uso de jóias nos seguintes sites:
Deus condena o uso de Jóias?  
http://prjefersonfabiano.blogspot.com.br/2011/10/deus-condena-o-uso-de-joias.html
O Uso de Jóias segundo Paulo e a Bíblia
http://prjefersonfabiano.blogspot.com.br/2013/01/o-uso-de-joias-segundo-paulo-e-biblia.html
Nove Lições sobre o Cabelo da Mulher Cristã segundo a Bíblia:
1.Cabelo longo da mulher cristã lhe é Honroso 2.Cabelo tosquiado/rapado na mulher cristã é Desonroso 3.Cabelo longo da mulher é sinal de poderio sobre os anjos 4.Cabelo longo em lugar do véu 5.Um traje modesto com pudor é mais importante que uma trança atraente 6.O Enfeite interior da mulher cristã vale mais do que um enfe…