Pular para o conteúdo principal

Deus aprova Imagem na Igreja? Parte 2 - Os Querubins no Templo de Salomão

2.    Querubins no Templo de Salomão

E no oráculo fez dois querubins de madeira de oliveira, cada um da altura de dez côvados.
E uma asa de um querubim era de cinco côvados, e a outra asa do querubim de outros cinco côvados; dez côvados havia desde a extremidade de uma das suas asas até à extremidade da outra das suas asas.
Assim era também de dez côvados o outro querubim; ambos os querubins eram de uma mesma medida e de um mesmo talhe.
A altura de um querubim era de dez côvados, e assim a do outro querubim.
E pôs a estes querubins no meio da casa de dentro; e os querubins estendiam as asas, de maneira que a asa de um tocava na parede, e a asa do outro querubim tocava na outra parede; e as suas asas no meio da casa tocavam uma na outra.
E revestiu de ouro os querubins.
E todas as paredes da casa, em redor, lavrou de esculturas e entalhes de querubins, e de palmas, e de flores abertas, por dentro e por fora.
1 Reis 6:22-29
 

                                Os Querubins foram feitos com riquezas de detalhes e colocados dentro da casa, à medida dos querubins era de 4,5 metros de altura a 5 metros.
                                Entretanto, nenhum desses querubins forma feitas para serem adorados, Eram símbolos da presença de Deus no Templo, e nada mais, além disso.
                                Não se encontra em nenhuma passagem da bíblia sagrada culto de adoração a esses querubins. Eles eram apenas para adornar o templo e nada mais. Não se acha rogos, romarias, nem preces dirigidas a estes querubins, e nem dias de festas dedicados a eles.
                                A Argumentação de Católicos que Deus ordenou fazer tais querubins deixa de lado pelo menos três pontos de vital importância:

1)    Os Querubins foram colocados no lugar santíssimo onde ninguém tinha acesso, apenas o sumo sacerdote uma vez no ano.
2)    Os Querubins não foram feitos para serem adorados ou/e venerados
3)    Os Querubins no templo eram decorativos, ao contrário de ídolos católicos que são venerados, reverenciados e usados como intercessores publicamente
                    Nunca devemos nos esquecer de que Deus fez a seguinte ordenança:

Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra.
Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.
E faço misericórdia a milhares dos que me amam e aos que guardam os meus mandamentos. Êxodo 20:3-6


                                Ou seja, Deus não proibiu a feitura de imagens de escultura de qualquer semelhança.  Deus proibiu o uso de qualquer feitura de imagem de escultura como objeto de idolatria, culto, veneração...  Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Por que Jesus Cuspiu antes de curar o Cego?

Mensagem com base em João 9: 1-23


I – Qual causa da Cegueira do Homem?
 Este nascera cego curiosamente para Glória de Deus, os discípulos procuravam uma causa para a cegueira e perguntaram: “Rabi, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego?”. Fizeram a pergunta possivelmente com base em Êxodo:
Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o SENHOR teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniquidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.Êxodo 20:4-5
1)Cegueira como maldição hereditária, por parte dos pais; 2)Cegueira Por causa dos próprios pecados. 3)Cegueira para que se Manifeste as Obras de Deus
Jesus descartou as duas primeiras possibilidades, com seguinte resposta:
Jesus respondeu: Nem ele pecou nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus.
João 9:2-3
              O Homem era cego para que em hora oportuna se manifestasse nele a Obra de Deus.

II – Jesus contrariando os Homens                                    …

Hagar e Ismael no Deserto- Deus Ouve

(Texto Gn. 21; 14-21)                              Abraão levanta pela madrugada, toma pão e um odre de água, dá para Hagar colocando as coisas no ombro dela, pega o menino de aproximadamente 17 anos entrega-o para Hagar e despede a ambos, e despede. Hagar sai uma direção definida no deserto de Berseba, e sai errante. (Gn. 21; 14)
                         Uma dor e uma confiança tremenda dentro de Abraão. Ele sabia que nem Hagar e nem Ismael iriam morrer no deserto, porque Deus havia lhe garantido que faria de Ismael uma grande nação, e para isso Deus supriria todas as necessidades.                          Por outro lado Sara sua esposa estava muito incomodada, com o desprezo de Ismael em relação à Isaque, estava surgindo um clima muito comprometedor entre Ismael e Isaque, o que poderia cedo ou tarde gerar graves conseqüências. O próprio Deus aceitou a proposta de Sara, porque Deus havia traçado um Propósito na vida de Ismael à parte da casa de Abraão. Mais tarde tudo indica que casa de…

Zacarias, pai de João Batista- Parte 1 (Personagens Bíblicos)

Dados Gerais sobre Zacarias, pai de João Batista  

A postagem visa facilitar estudos sobre a pessoa exemplar de Zacarias, pai de João Batista, deixando claro, logo no principio que admite -se cópias desta postagem desde se cumpra as normas dos Direitos Autorais.

Zacarias (do hebraico זְכַרְיָה, Zekariyah, "Deus se lembrou")