Pular para o conteúdo principal

Doutrina dos Nicolaítas- Estudo


·         Doutrina dos Nicolaítas

Assim tens também os que seguem a doutrina dos Nicolaítas, o que eu odeio.
Arrepende-te, pois, quando não em breve virei a ti, e contra eles batalharei com a espada da minha boca.

Diácono Nicolau
  Os Nicolaítas se diziam seguidores do diácono Nicolau citado no livro de Atos 6:5. Nicolau foi formado numa seita Gnóstica e herética a qual pregava quê o que alguém faz no corpo não afeta a vida espiritual, neste ponto assemelhava-se a Doutrina de Balaão, e, por essa razão as duas são citadas lado a lado por Jesus em Apocalipse 2: 14,15.  

E este parecer contentou a toda a multidão, e elegeram Estêvão, homem cheio de fé e do Espírito Santo, e Filipe, e Prócoro, e Nicanor, e Timão, e Parmenas e Nicolau, prosélito de Antioquia; Atos 6:4-5

   Cita-se o nome de 07 Diáconos no livro de Atos dos Apóstolos 6:4,5, entre eles Nicolau. Hipólito de Roma diz que o diácono "Nicolau" dos Sete diáconos (veja Atos 6:4,5) era o autor da heresia e líder da seita. Essa Doutrina odiada por Cristo e citada duas vezes no livro de apocalipse, tanto na Carta direcionada a Igreja de Éfeso como na carta Direcionada a Igreja de Pérgamo.

                                   A Doutrina de Nicolau surgiu por volta de 100 D.C., consiste em criar uma espécie de casta superior dentro da Igreja, ou seja, o clero, formando uma Hierarquia dentro do clero, o que com fortes evidencias influenciou na Formação do Clero Católico Romano.
                                   Nicolau conseguiu arrebanhar alguns seguidores principalmente nas Cidades de Éfeso e Pérgamo, (Ap. 2: 6,15) os quais eram conhecidos como Nicolaítas. Cristo faz alusão a Doutrina dos Nicolaítas deixando claro que odeia esta doutrina.  A Igreja de Éfeso se aborrecia com as obras do Nicolaítas, o que era um ponto positivo para a Igreja. Mas, a Igreja de Pérgamo possuía alguns seguidores que seguiam a Doutrina de Nicolau, ou seja, Nicolaítas infiltrados na Igreja.

Mas isto tens, que aborreces as obras dos Nicolaítas, as quais eu também aborreço. Apocalipse 2:6
Assim tu tens igualmente aos que seguem o ensino dos Nicolaítas.
 Apocalipse 2:15

             Veja o que disseram os Pais da Igreja sobre os seguidores de Nicolau, os Nicolaítas:

•          Irineu de Leon acrescenta que o Nicolaítas “... Levam vidas de Indulgencias Ilimitadas”, o que significar dizer que a Concessão de perdão não tem limites, abrindo espaço assim para o pecado desenfreado dentro da igreja. O que se encaixa com a colocação de Judas em sua Carta.

Pois certos homens se introduziram furtivamente (ímpios, cuja sentença há muito tempo está lavrada), os quais transformam a graça de nosso Deus em dissolução e negam a nosso único Mestre e Senhor Jesus Cristo.

•          São Vitorino de Pettau (ou Victorinus) diz que eles comiam oferendas dos ídolos.
•          Venerável Beda afirma que Nicolas permitiu que muitos homens se casassem com sua esposa
•          Tomás de Aquino era da opinião que Nicolas incentivava ou a poligamia ou que os homens tivessem esposas em comum.

                        Coisas mais graves sobre Nicolau escreveu Eusébio de Cesárea:

“1.            Nesta época surgiu também a heresia chamada dos Nicolaítas, que durou pouquíssimo tempo e da qual também faz menção o Apocalipse de João [1]”. Estes se jactavam de que Nicolau era um dos diáconos companheiros de Estevão encarregados pelos apóstolos do serviço aos necessitados [2]. Pelo menos Clemente de Alexandria, no livro III dos Stromateis, conta sobre ele, literalmente, o que segue:

Eusébio de Cesareia 
2.            "Este, dizem, tinha uma mulher muito formosa. Depois da ascensão do Sal­vador, tendo os apóstolos reprovado seu ciúme, trouxe sua mulher a público e permitiu que se entregasse a quem quisesse, pois diz-se que esta prática está de acordo com o dito: 'Deve-se abusar da carne'[3]." E na verdade, por seguir o que foi feito e dito por simplicidade e impensadamente, os que compartilham sua heresia se prostituem sem a menor reserva.


3.            No entanto, eu sei que Nicolau não teve trato com nenhuma mulher que não aquela com quem estava casado, e que de seus filhos, as mulheres che­garam virgens à velhice e o rapaz permaneceu puro. Sendo isto assim, a exposição de sua mulher, da qual tinha ciúmes, no meio dos apóstolos, era um desprezo à paixão, e a abstenção dos prazeres que mais ansiosamente são procuradas ensinava a "abusar da carne", pois creio que, conforme o mandato do Salvador, ele não queria ser escravo de dois senhores [4], o prazer e o Senhor.

4.            Dizem igualigualmente que Matias ensinava isto mesmo: para a carne: combatê-la e abusar dela, sem consentir-lhe nada para o prazer; e para a alma, fazê-la crescer mediante a fé e o conhecimento. Isto, pois, seja o bastante sobre aqueles que, se na época mencionada empreenderam a tarefa de perverter a verdade, extinguiram-se, contudo por completo em menos tempo do que leva para dizê-lo.

[1] Ap 2:6-15.
[2] At 6:5.
[3] O dito é equívoco, significava originalmente que se deve colocar a carne sob as provações mais rigorosas. Os Nicolaítas interpretaram-no em sentido licencioso.
[4] Mt 6:24; Lc 16:13.
                        Trecho acima foi extraído: EUSÉBIO DE CESARÉIA. HISTÓRIA ECLESIÁSTICA. Livro III. Tradução de Wolfgang Fischer. São Paulo. Novo Século, 2002.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Por que Jesus Cuspiu antes de curar o Cego?

Mensagem com base em João 9: 1-23


I – Qual causa da Cegueira do Homem?
 Este nascera cego curiosamente para Glória de Deus, os discípulos procuravam uma causa para a cegueira e perguntaram: “Rabi, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego?”. Fizeram a pergunta possivelmente com base em Êxodo:
Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o SENHOR teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniquidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.Êxodo 20:4-5
1)Cegueira como maldição hereditária, por parte dos pais; 2)Cegueira Por causa dos próprios pecados. 3)Cegueira para que se Manifeste as Obras de Deus
Jesus descartou as duas primeiras possibilidades, com seguinte resposta:
Jesus respondeu: Nem ele pecou nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus.
João 9:2-3

              O Homem era cego para que em hora oportuna se manifestasse nele a Obra de Deus.

II – Jesus contrariando os Homens                                    …

Hagar e Ismael no Deserto- Deus Ouve

(Texto Gn. 21; 14-21)                              Abraão levanta pela madrugada, toma pão e um odre de água, dá para Hagar colocando as coisas no ombro dela, pega o menino de aproximadamente 17 anos entrega-o para Hagar e despede a ambos, e despede. Hagar sai uma direção definida no deserto de Berseba, e sai errante. (Gn. 21; 14)
                         Uma dor e uma confiança tremenda dentro de Abraão. Ele sabia que nem Hagar e nem Ismael iriam morrer no deserto, porque Deus havia lhe garantido que faria de Ismael uma grande nação, e para isso Deus supriria todas as necessidades.                          Por outro lado Sara sua esposa estava muito incomodada, com o desprezo de Ismael em relação à Isaque, estava surgindo um clima muito comprometedor entre Ismael e Isaque, o que poderia cedo ou tarde gerar graves conseqüências. O próprio Deus aceitou a proposta de Sara, porque Deus havia traçado um Propósito na vida de Ismael à parte da casa de Abraão. Mais tarde tudo indica que casa de…

Cabelo da Mulher Cristã- Nove (09) Lições Bíblicas

Referencias: 1ª Co. 11:4-15/ 1ª Tm. 2: 9,10/ 1ª Pe. 3: 1-3

                           Três passagens bíblicas utilizadas por “teólogos” radicais, com estilo farisaico, para proibir as tranças, cortes e frisados nos cabelos, além do uso de jóias.  Mas em destaque nesta postagem, é o cabelo da Mulher Cristão. Temos postagens que tratam do uso de jóias nos seguintes sites:
Deus condena o uso de Jóias?  
http://prjefersonfabiano.blogspot.com.br/2011/10/deus-condena-o-uso-de-joias.html
O Uso de Jóias segundo Paulo e a Bíblia
http://prjefersonfabiano.blogspot.com.br/2013/01/o-uso-de-joias-segundo-paulo-e-biblia.html
Nove Lições sobre o Cabelo da Mulher Cristã segundo a Bíblia:
1.Cabelo longo da mulher cristã lhe é Honroso 2.Cabelo tosquiado/rapado na mulher cristã é Desonroso 3.Cabelo longo da mulher é sinal de poderio sobre os anjos 4.Cabelo longo em lugar do véu 5.Um traje modesto com pudor é mais importante que uma trança atraente 6.O Enfeite interior da mulher cristã vale mais do que um enfe…