Pular para o conteúdo principal

A MULHER CRISTÃ E O ADORNOS - ESTUDO BÍBLICO

A Mulher Cristã e os Acessórios na Hora de se Arrumar

  1. Textos Distorcidos?

Vários pastores e teólogos condenam o uso de alguns Adornos, e para reprovar o uso de maquiagem usam como base geralmente alguns textos sagrados entre eles: Isaías 3: 16-26.

As duas passagens tratam da situação calamitosa do povo de Israel, enquanto as filhas dos príncipes de Israel esbanjavam luxo, esplendor no meio da miséria do povo.

Quando consideramos o texto e o contexto realizando uma leitura completa, não serve de base para tal reprovação. Ora se os textos em questão forem interpretados de modo literal e isoladamente começando por Isaías 3: 16-26 não permitem nem o uso de perfumes, bolsas e nem xales, e nem de espelhos...

Nesta passagem bíblica Deus esta condenando a atitude das filhas dos príncipes de Israel, elas exibiam luxo com todo orgulho, desprezo e vaidade, enquanto a nação padecia na miséria. Deus não está condenando o uso de joias, na passagem Deus está condenando a forma e a ocasião em que as filhas de Sião esta fazendo uso de tais adornos.

Is. 3: 16 Diz ainda mais o Senhor: Porquanto as filhas de Sião são altivas, e andam de pescoço emproado, lançando olhares impudentes; e, ao andarem, vão de passos curtos, fazendo tinir os ornamentos dos seus pés;
17 o Senhor fará tinhosa a cabeça das filhas de Sião,
e o Senhor porá a descoberto a sua nudez.
18 Naquele dia lhes trará o Senhor o ornamento dos pés,
as coifas, e as luetas;
19 os pendentes, e os braceletes, e os véus;
20 os diademas, as cadeias dos artelhos, os cintos,
as caixinhas de perfumes e os amuletos;
21 os anéis, e as jóias pendentes do nariz;
22 os vestidos de festa, e os mantos, e os xales, e os bolsos;
23 os vestidos diáfanos, e as capinhas de linho,
e os turbantes, e os véus.
24 E será que em lugar de perfume haverá mau cheiro, e por cinto, uma corda; em lugar de encrespadura de cabelos, calvície; e em lugar de veste luxuosa, cinto de cilício;
e queimadura em lugar de formosura.
25 Teus varões cairão à espada, e teus valentes na guerra.
26 E as portas da cidade gemerão e se carpirão e,
desolada, ela se sentará no pó.

             

  1. Analisando o Texto e o Contexto

Is. 3: 16 Diz ainda mais o Senhor: Porquanto as filhas de Sião são altivas... O Termo “Altivo” aqui indica “orgulho e arrogância”. As Filhas dos Príncipes (autoridades) de Israel eram arrogantes, sabemos que Deus não admite a arrogância.

Aquele que murmura do seu próximo às escondidas, eu o destruirei; aquele que tem olhar altivo e coração soberbo, não suportarei.

Is. 3: 16: ... E andam de pescoço emproado... Elas estavam muito soberbas e vaidosas demais em meio à miséria e lamúria do povo.

Salmos 101:5 ¶ A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito precede a queda. Provérbios 16: 18

Is. 3: 16 ...Lançando olhares impudentes ...No olhar delas notava-se o cinismo, a falta de vergonha, o descaramento que causava revolta em Deus e no povo.

Is. 3: 16 ... E, ao andarem, vão de passos curtos, fazendo tinir os ornamentos dos seus pés... Exibiam a luxuria, eram envaidecidas, exibidas, exageradas nos adornos e indecentes em tudo, em inclusive no olhar em forma de andar.

Is. 3: 17 o Senhor fará tinhosa a cabeça das filhas de Sião... O Termo “Tinhoso” aqui revela “doença e problemas mentais (emocionais)” fazendo que essas mulheres ficassem perturbadas de espírito (depressivas) Como castigo da parte Deus. As perturbações de espírito causaram insegurança, medo, importunação, desassossego. 

Is. 3: 17... E o Senhor porá a descoberto a sua nudez. Pecados ocultos seriam revelados? Sua privacidade com suas vergonhas seriam expostas? Suas falhas e defeitos não ficaram mais em segredo.

Is. 3: 18 Naquele dia lhes trará o Senhor o ornamento dos pés, as coifas, e as luetas;19 os pendentes, e os braceletes, e os véus; 20 os diademas, as cadeias dos artelhos, os cintos, as caixinhas de perfumes e os amuletos; 21 os anéis, e as jóias pendentes do nariz; 22 os vestidos de festa, e os mantos, e os xales, e os bolsos; 23 os vestidos diáfanos, e as capinhas de linho, e os turbantes, e os véus. 24 E será que em lugar de perfume haverá mau cheiro, e por cinto, uma corda; em lugar de encrespadura de cabelos, calvície; e em lugar de veste luxuosa, cinto de cilício; e queimadura em lugar de formosura.

O Problema não estava nas coifas, nos braceletes, nos véus, nos diademas... Problema estava no mau uso de tais adornos e no caráter das filhas dos Príncipes de Israel.


  1. Destaque para 04 Acessórios supracitados por Deus:

  • O Véu: Vale lembrar que Paulo recomenda as mulheres usarem véu, quando estão com a cabeça rapada.
Portanto, se a mulher não se cobre com véu, tosquie-se também. Mas, se para a mulher é coisa indecente tosquiar-se ou rapar-se, que ponha o véu. 1 Coríntios 11:6

  • Os Cintos: Tanto o sábio apóstolo Paulo e o grande Profeta João Batista usavam Cintos, um utensilio comum para homens e mulheres.
E este João tinha as suas vestes de pelos de camelo, e um cinto de couro em torno de seus lombos; e alimentava-se de gafanhotos e de mel silvestre. Mateus 3:4
E, vindo ter conosco, tomou a cinta de Paulo, e ligando-se os seus próprios pés e mãos, disse: Isto diz o Espírito Santo: Assim ligarão os judeus em Jerusalém o homem de quem é esta cinta, e o entregarão nas mãos dos gentios. Atos 21:11

  • As Caixinhas de Perfumes: Será que o perfume incomoda o Espírito de Deus? DE modo algum! O que incomoda o Espírito de Deus é o cheiro do pecado. Jesus é o mais perfumado de todos, pois ele é santo.
Para estes somos cheiro de morte; para aqueles fragrância de vida. Mas, quem está capacitado para tanto? 2 Coríntios 2:16
Porque para Deus somos o aroma de Cristo entre os que estão sendo salvos e os que estão perecendo. 2 Coríntios 2:15
Então Maria pegou um frasco de nardo puro, que era um perfume caro, derramou-o sobre os pés de Jesus e os enxugou com os seus cabelos. E a casa encheu-se com a fragrância do perfume. João 12:3
E se colocou atrás de Jesus, a seus pés. Chorando, começou a molhar-lhe os pés com as suas lágrimas. Depois os enxugou com seus cabelos, beijou-os e os ungiu com o perfume. Lucas 7:38

  • Vestidos de Festas: Quanto às vestimentas que Deus concede a seus escolhidos como veste os lírios dos campos; é necessário saber em quais ocasiões deve-se vestir.
 Mas entrando o rei para ver os convivas, notou ali um homem que não trajava veste nupcial,
e perguntou-lhe: Amigo, como entraste aqui sem veste nupcial? Ele, porém, emudeceu.
Então o rei disse aos servos: Atai-o de pés e mãos, e lançai-o nas trevas exteriores; ali haverá o choro e o ranger de dentes.
Mateus 22:10-13

  • Os Mantos: O Grande Mestre Jesus usava um Manto, tanto homens como mulheres podem fazer uso de Manto. Tanto é que a mulher do fluxo de sangue ao tocar na orla do manto de Jesus foi curada de um sangramento de 12 anos. E quando ele vier com todo o seu esplendor ele virá com um manto.
No manto, sobre a sua coxa tem escrito o nome: Rei dos reis e Senhor dos senhores. Apocalipse 19: 16 Tendo ouvido falar a respeito de Jesus, veio por detrás, entre a multidão, e tocou-lhe o manto; Marcos 5: 27

Isaías 3: 25 Teus varões cairão à espada, e teus valentes na guerra... A Viuvez estava prevista, pois eram esses homens que mantinham todo esse luxo e vaidade. Com a morte de seus cônjuges, elas cairiam na dor e na miséria.

Isaías 3: 26 E as portas da cidade gemerão e se carpirão e, desolada, ela se sentará no pó.


  1. Comparando a Leitura de Isaías 3: 16-26 com a Leitura de Cantares

Há um contraste aparente entre Isaías 3: 16-26 e Cantares de Salomão,

Formosas são as tuas faces entre os teus enfeites, o teu pescoço com os colares.
Enfeites de ouro te faremos, com incrustações de prata.
Enquanto o rei está assentado à sua mesa, o meu nardo exala o seu perfume. Cânticos 1:9-12


Quem é esta que sobe do deserto, como colunas de fumaça, perfumada de mirra, de incenso, e de todos os pós dos mercadores? Cânticos 3:5-6

Desse modo entende-se que não é pecado o uso de perfumes, maquiagem e enfeites, e outros acessórios, desde que não haja excessos.  
Formosas são as tuas faces entre os teus enfeites, o teu pescoço com os colares. Ora, para que haja formosura é necessário cuidado além da beleza natural. Nota-se que a esposa de Salomão estava com enfeites, e que enfeites eram estes? Colares no pescoço e diversos “enfeites de ouro”, Além de perfume de nardo.

 Quem é esta que sobe do deserto, como colunas de fumaça, perfumada de mirra, de incenso, e de todos os pós dos mercadores?... A Esposa de Salomão usava vários perfumes exportados. E nem por isso foi condenada, há um consenso quase absoluto que está esposa de Salomão trata-se da rainha de Sabá (Sul), a qual foi exaltada por Cristo. 

A rainha do Sul se levantará no juízo com os homens desta geração e os condenará, pois ela veio dos confins da terra para ouvir a sabedoria de Salomão, e agora está aqui o que é maior do que Salomão. Lucas 11: 31

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Por que Jesus Cuspiu antes de curar o Cego?

Mensagem com base em João 9: 1-23


I – Qual causa da Cegueira do Homem?
 Este nascera cego curiosamente para Glória de Deus, os discípulos procuravam uma causa para a cegueira e perguntaram: “Rabi, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego?”.Fizeram a pergunta possivelmente com base em Êxodo:
Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o SENHOR teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniquidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.Êxodo 20:4-5
1)Cegueira como maldição hereditária, por parte dos pais;2)Cegueira Por causa dos próprios pecados.3)Cegueira para que se Manifeste as Obras de Deus
Jesus descartou as duas primeiras possibilidades, com seguinte resposta:
Jesus respondeu: Nem ele pecou nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus.
João 9:2-3
              O Homem era cego para que em hora oportuna se manifestasse nele a Obra de Deus.

II – Jesus contrariando os Homens                                   …

Hagar e Ismael no Deserto- Deus Ouve

(Texto Gn. 21; 14-21)                             Abraão levanta pela madrugada, toma pão e um odre de água, dá para Hagar colocando as coisas no ombro dela, pega o menino de aproximadamente 17 anos entrega-o para Hagar e despede a ambos, e despede. Hagar sai uma direção definida no deserto de Berseba, e sai errante. (Gn. 21; 14)
                         Uma dor e uma confiança tremenda dentro de Abraão. Ele sabia que nem Hagar e nem Ismael iriam morrer no deserto, porque Deus havia lhe garantido que faria de Ismael uma grande nação, e para isso Deus supriria todas as necessidades.                         Por outro lado Sara sua esposa estava muito incomodada, com o desprezo de Ismael em relação à Isaque, estava surgindo um clima muito comprometedor entre Ismael e Isaque, o que poderia cedo ou tarde gerar graves conseqüências. O próprio Deus aceitou a proposta de Sara, porque Deus havia traçado um Propósito na vida de Ismael à parte da casa de Abraão. Mais tarde tudo indica que casa de…

Zacarias, pai de João Batista- Parte 1 (Personagens Bíblicos)

Dados Gerais sobre Zacarias, pai de João Batista  

A postagem visa facilitar estudos sobre a pessoa exemplar de Zacarias, pai de João Batista, deixando claro, logo no principio que admite -se cópias desta postagem desde se cumpra as normas dos Direitos Autorais.

Zacarias (do hebraico זְכַרְיָה, Zekariyah, "Deus se lembrou")