Pular para o conteúdo principal

O Homem e a Mulher no Paraíso



“Ora, um e outro, o homem e a sua mulher, estavam nus e não se envergonhavam” (Gn.2:25 comp. Gn. 3:7)

Ora, um e outro... Nem Adão e nem Eva se envergonhavam, não existia um olhar de malicia, desrespeito, perversidade, desonra e muito menos desejos desenfreados. O casal vivia segundo o Espírito: Amor, Alegria, Paz, Paciência, Bondade, Benevolência, Fidelidade, Mansidão e Domínio de si. (Gálatas 5:22,23) Contra esses Frutos não havia Lei, a colheita desses frutos faziam bem para a saúde do Corpo e da Alma do casal. 

Resultado de imagem para adão e eva no paraiso
Deus não criou o ser humano com desejos desenfreados, a nudez de Adão em nada envergonhava Eva e nem a nudez de Eva em nada envergonhava a Adão. Por outro ângulo não havia complexo com o próprio corpo, como nos dias atuais, quando existe uma cobrança muito grande com as formas e medidas do corpo. É uma implantação de Botox aqui outra ali, e tira coisas daqui, põe ali, altera isso, aumenta isso e diminui aquilo...  São tantas cirurgias plásticas de quando é gosto e tipo. Tudo isso veio depois da queda, de lá para cá o Diabo conseguiu implantar na mente de muitos o complexo com seu próprio corpo.  (Salientando que nada temos contra as cirurgias plásticas leia Capítulo 08 – A Aparência da Mulher casada)

O Casal não violava o corpo do outro e nem o seu próprio corpo, havia uma satisfação, um contentamento um desejo prazeroso, todavia respeitoso.

A) - O Olhar do Homem e da Mulher diante da Nudez Antes da Queda

No Olhar de Adão e Eva antes da queda estava (Gl 5:22,23): Amor ao Cônjuge e a família; Alegria de Satisfação e Prazer; A Paz no Contato e não violência; Paciência na espera do momento exato e no trato um com o outro; Bondade na doação mútua; Benevolência no toque, no falar, olhar e no viver; Fidelidade de um para com o outro e com os outros; Mansidão na convivência da família e com os demais; Autocontrole de si mesmo em relação ao cônjuge. 

 A Relação Sexual do casal contava além dos ingredientes acima contava com doses de Verdadeiro Prazer. Querendo procriar usavam o Período Fértil, desse modo tiveram filhos e filhas (Gên. 4:1,2/Gên. 5: 1,2) querendo apenas o prazer com os ingredientes supracitados mantinham Relações Sexuais no Período Não Fértil. Porque não estavam carregados de desejos desenfreados e egoístas, semelhantes aos de Gálatas 5:19-21.
19      Ora, as obras da carne são manifestas: imoralidade sexual, impureza e libertinagem;
20      idolatria e feitiçaria; ódio, discórdia, ciúmes, ira, egoísmo, dissensões, facções
21      e inveja; embriaguez, orgias e coisas semelhantes. Eu os advirto, como antes já os adverti: Aqueles que praticam essas coisas não herdarão o Reino de Deus.
22      Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade,
23      mansidão e domínio próprio. Contra essas coisas não há lei.

O Problema não está no ato sexual em si, o problema está no desejo desenfreado, e Atos lascivos.

B) - O Olhar de Adão e Eva diante da Nudez Depois da Queda

                                       No Olhar de Adão e Eva passou a existir:

·       Prostituição que traz Infidelidade Conjugal, Impurezas no Ato Sexual, Libertinagem na convivência; Idolatria do Corpo principalmente dos órgãos sexuais que ao longo da História divindades pagãs possuíam formas de órgão sexuais;
·       Feitiçaria para atrair alguém, Ódio nos relacionamentos, Discórdias no casamento e fora;
·       Ciúmes no Casamento;
·       Ira na Família, mais tarde Caim matou Abel;
·       Rivalidade entre pessoas;
·       Divisão no caso separação, o divórcio;
·       Intolerância entre os Cônjuges;
·       Inveja um do outro e de terceiros;
·       Bebedeiras para “afogar” as mágoas e tristezas, além das decepções;
·       Orgias a moda do swing e relações sexuais extraconjugais, homossexualismo... (Dt.23:17,18) e outras coisas semelhantes a estas, que trazem terríveis consequências dentro do casamento e fora.  

                                 Quando decidiram comer do fruto da Árvore do Conhecimento do Bem e do Mal perderam a visão espiritual. Alimentar-se com o Fruto da Árvore do Conhecimento é trazer à tona as Obras da Carne (Gl.5:19-21) O Mal passou a ser planejado com a Alma, praticado com o Corpo e dessa maneira separando o Espírito Humano do Espírito de Deus.
                 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Por que Jesus Cuspiu antes de curar o Cego?

Mensagem com base em João 9: 1-23


I – Qual causa da Cegueira do Homem?
 Este nascera cego curiosamente para Glória de Deus, os discípulos procuravam uma causa para a cegueira e perguntaram: “Rabi, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego?”. Fizeram a pergunta possivelmente com base em Êxodo:
Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o SENHOR teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniquidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.Êxodo 20:4-5
1)Cegueira como maldição hereditária, por parte dos pais; 2)Cegueira Por causa dos próprios pecados. 3)Cegueira para que se Manifeste as Obras de Deus
Jesus descartou as duas primeiras possibilidades, com seguinte resposta:
Jesus respondeu: Nem ele pecou nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus.
João 9:2-3

              O Homem era cego para que em hora oportuna se manifestasse nele a Obra de Deus.

II – Jesus contrariando os Homens                                    …

Hagar e Ismael no Deserto- Deus Ouve

(Texto Gn. 21; 14-21)                              Abraão levanta pela madrugada, toma pão e um odre de água, dá para Hagar colocando as coisas no ombro dela, pega o menino de aproximadamente 17 anos entrega-o para Hagar e despede a ambos, e despede. Hagar sai uma direção definida no deserto de Berseba, e sai errante. (Gn. 21; 14)
                         Uma dor e uma confiança tremenda dentro de Abraão. Ele sabia que nem Hagar e nem Ismael iriam morrer no deserto, porque Deus havia lhe garantido que faria de Ismael uma grande nação, e para isso Deus supriria todas as necessidades.                          Por outro lado Sara sua esposa estava muito incomodada, com o desprezo de Ismael em relação à Isaque, estava surgindo um clima muito comprometedor entre Ismael e Isaque, o que poderia cedo ou tarde gerar graves conseqüências. O próprio Deus aceitou a proposta de Sara, porque Deus havia traçado um Propósito na vida de Ismael à parte da casa de Abraão. Mais tarde tudo indica que casa de…

Cabelo da Mulher Cristã- Nove (09) Lições Bíblicas

Referencias: 1ª Co. 11:4-15/ 1ª Tm. 2: 9,10/ 1ª Pe. 3: 1-3

                           Três passagens bíblicas utilizadas por “teólogos” radicais, com estilo farisaico, para proibir as tranças, cortes e frisados nos cabelos, além do uso de jóias.  Mas em destaque nesta postagem, é o cabelo da Mulher Cristão. Temos postagens que tratam do uso de jóias nos seguintes sites:
Deus condena o uso de Jóias?  
http://prjefersonfabiano.blogspot.com.br/2011/10/deus-condena-o-uso-de-joias.html
O Uso de Jóias segundo Paulo e a Bíblia
http://prjefersonfabiano.blogspot.com.br/2013/01/o-uso-de-joias-segundo-paulo-e-biblia.html
Nove Lições sobre o Cabelo da Mulher Cristã segundo a Bíblia:
1.Cabelo longo da mulher cristã lhe é Honroso 2.Cabelo tosquiado/rapado na mulher cristã é Desonroso 3.Cabelo longo da mulher é sinal de poderio sobre os anjos 4.Cabelo longo em lugar do véu 5.Um traje modesto com pudor é mais importante que uma trança atraente 6.O Enfeite interior da mulher cristã vale mais do que um enfe…