Pular para o conteúdo principal

Jesus Cristo, o maior Manifestante de todos os tempos- 1ª Parte

Para que se cumprisse a palavra do profeta Isaías, que diz: Senhor, quem creu na nossa pregação? E a quem foi revelado o braço do Senhor? João 12:38
Com o seu braço agiu valorosamente; Dissipou os soberbos no pensamento de seus corações. Lucas 1:51

              O Nascimento de Cristo em si já um grande Protesto, contra o conforto dos palácios suntuosos no meio de casebres; contra o recenseamento imposto em cidades sem estruturas, renuncia ao conforto nas casas dos nobres diante da miséria do povo...
              O Senhor Jesus Cristo poderia nascer no Palácio do Imperador Romano, ou no mínimo na sede do Governo da região da Judeia (casa de Herodes), mas diante das injustiças sociais, o derramamento de sangue inocente em cada conquista, as cobranças indevidas e abusivas de impostos, e tantos atos desonestos e desleais o Cristo bendito protestou recusando a nascer na linhagem dos políticos daquele tempo.
Poderia também haver nascido dentro de um templo do Judaísmo, do Farisaísmo, de Saduceus, ou mesmo nos refúgios essênios. Ou ainda no meio da religião pagã diante dos postes ídolos e uma serie de deuses mitológicos impondo de vez a sua luz, o seu poder, a sua santidade e verdade absoluta. Todavia, renunciou nascer na linhagem dos sacerdotes em exercício na época. Por trás dessa recusa há um manifesto contra a falsa religiosidade daquela gente de então, que estava mergulhada na idolatria, na corrupção moral, nas tradições e heresias...
           Poderia o Cristo Bendito durante a infância e juventude, estudar nas melhores escolas da Grécia e Roma, cursando Filosofia, Medicina, Matemática, Astronomia, História, Arte, Direito... Mas qual foi sua escolha? Ser criando numa cidadezinha simples chamada Nazaré, onde desenvolveu o oficio de Carpinteiro e estudou com muito apreço e desenvoltura as Leis Mosaicas, chegando aos 12 anos de Idade, como profundo conhecedor da Lei que debatia com doutores os assuntos mais complexos dos Estatutos e mandamentos do SENHOR. 


E aconteceu que, passados três dias, o acharam no templo, assentado no meio dos doutores, ouvindo-os, e interrogando-os. Lucas 2:46
              Foi um manifesto contra o arcaico sistema educacional da época que excluía os mais pobres e privilegiava os mais ricos e poderosos. Considerando o fato da maioria dos médicos de seu tempo na aplicarem os devidos conhecimentos da medicina em favor das pessoas (Mulher do Fluxo de Sangue) Desprezou boa parte do conhecimento filosófico que serviu e serve de instrumento de seitas e heresias, excluindo Deus e a verdade absoluta.
                       Nasceu num lugar simples desprovido de luxuria e conforto, onde pessoas igualmente simples eram tementes a Deus e se desvia do mal, levando uma vida honesta e digna, acima de qualquer suspeita. Nascendo num hotel honraria em demasia as redes hoteleiras, por isso nasceu em casa de pessoas hospitaleiras de coração amoroso e generoso que presta socorro e apoio a quem realmente precisa de ajuda.   
                    Com quase 30 anos de idade foi batizado nas águas do Jordão, dispensando uma catedral, ou piscinas de casas luxuosas, adentrou no centro de pessoas humildes, pobres, oprimidas, doentes, cativas, desprezada pela sociedade (...) 


E repousará sobre ele o Espírito do Senhor, o espírito de
sabedoria e de entendimento, o espírito de conselho e de 

fortaleza, o espírito de conhecimento e de temor do Senhor.


E deleitar-se-á no temor do Senhor; e não julgará segundo a 

vista dos seus olhos, nem repreenderá segundo o ouvir dos 

seus ouvidos.
Mas julgará com justiça aos pobres, e repreenderá com eqüidade aos mansos da terra; e ferirá a terra com a vara de sua boca, e com o sopro dos seus lábios matará ao ímpio,
E a justiça será o cinto dos seus lombos, e a fidelidade o cinto dos seus rins.



Curou os doentes e enfermos, trouxe paz para os que estavam em guerra, consolo para os desconsolado, amor para quem não era amado, amparo para os desamparados, Luz para os que estavam em trevas, libertação para os cativos...

Protestou contra o Diabo e suas Propostas 
  
Mateus  4:1 Então foi conduzido Jesus pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo Diabo.
2 E, tendo jejuado quarenta dias e quarenta noites, depois teve fome.
3 Chegando, então, o tentador, disse-lhe: Se tu és Filho de Deus manda que estas pedras se tornem em pães.
4 Mas Jesus lhe respondeu: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que sai da boca de Deus.
5 Então o Diabo o levou à cidade santa, colocou-o sobre o pináculo do templo,
6 e disse-lhe: Se tu és Filho de Deus, lança-te daqui abaixo; porque está escrito: Aos seus anjos dará ordens a teu respeito; e: eles te susterão nas mãos, para que nunca tropeces em alguma pedra.
7 Replicou-lhe Jesus: Também está escrito: Não tentarás o Senhor teu Deus.
8 Novamente o Diabo o levou a um monte muito alto; e mostrou-lhe todos os reinos do mundo, e a glória deles;
9 e disse-lhe: Tudo isto te darei, se, prostrado, me adorares.
10 Então ordenou-lhe Jesus: Vai-te, Satanás; porque está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele servirás.
11 Então o Diabo o deixou; e eis que vieram os anjos e o serviram.

Protestou contra a Morte, Ressuscitando 

João 11:31 Então os judeus que estavam com Maria em casa e a consolavam, vendo-a levantar-se apressadamente e sair, seguiram-na, pensando que ia ao sepulcro para chorar ali.
32 Tendo, pois, Maria chegado ao lugar onde Jesus estava, e vendo-a, lançou-se-lhe aos pés e disse: Senhor, se tu estiveras aqui, meu irmão não teria morrido.
33 Jesus, pois, quando a viu chorar, e chorarem também os judeus que com ela vinham, comoveu-se em espírito, e perturbou-se,
34 e perguntou: Onde o puseste? Responderam-lhe: Senhor, vem e vê.
35 Jesus chorou.
36 Disseram então os judeus: Vede como o amava.
37 Mas alguns deles disseram: Não podia ele, que abriu os olhos ao cego, fazer também que este não morreste?
38 Jesus, pois, comovendo-se outra vez, profundamente, foi ao sepulcro; era uma gruta, e tinha uma pedra posta sobre ela.
39 Disse Jesus: Tirai a pedra. Marta, irmã do defunto, disse-lhe: Senhor, já cheira mal, porque está morto há quase quatro dias.
40 Respondeu-lhe Jesus: Não te disse que, se creres, verás a glória de Deus?
41 Tiraram então a pedra. E Jesus, levantando os olhos ao céu, disse: Pai, graças te dou, porque me ouviste.
42 Eu sabia que sempre me ouves; mas por causa da multidão que está em redor é que assim falei, para que eles creiam que tu me enviaste.
43 E, tendo dito isso, clamou em alta voz: Lázaro, vem para fora!
44 Saiu o que estivera morto, ligados os pés e as mãos com faixas, e o seu rosto envolto num lenço. Disse-lhes Jesus: Desligai-o e deixai-o ir.


Protestou contra Cegueira, curando os cegos

Mt. 9:28 E, tendo ele entrado em casa, os cegos se aproximaram dele; e Jesus perguntou-lhes: Credes que eu posso fazer isto? Responderam-lhe eles: Sim, Senhor.
29 Então lhes tocou os olhos, dizendo: Seja-vos feito segundo a vossa fé.
30 E os olhos se lhes abriram. Jesus ordenou-lhes terminantemente, dizendo: Vede que ninguém o saiba.


Ele veio (manifestou) 


Continua: Jesus o Maior Manifestante de todos os Tempos- 2ª Parte 

Comentários

Postar um comentário

MODERAÇÃO NOS COMENTÁRIOS, OS COMENTÁRIOS DE ANÔNIMOS NÃO SERÃO PUBLICADOS.

Postagens mais visitadas deste blog

Por que Jesus Cuspiu antes de curar o Cego?

Mensagem com base em João 9: 1-23


I – Qual causa da Cegueira do Homem?
 Este nascera cego curiosamente para Glória de Deus, os discípulos procuravam uma causa para a cegueira e perguntaram: “Rabi, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego?”. Fizeram a pergunta possivelmente com base em Êxodo:
Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o SENHOR teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniquidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.Êxodo 20:4-5
1)Cegueira como maldição hereditária, por parte dos pais; 2)Cegueira Por causa dos próprios pecados. 3)Cegueira para que se Manifeste as Obras de Deus
Jesus descartou as duas primeiras possibilidades, com seguinte resposta:
Jesus respondeu: Nem ele pecou nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus.
João 9:2-3
              O Homem era cego para que em hora oportuna se manifestasse nele a Obra de Deus.

II – Jesus contrariando os Homens                                    …

Hagar e Ismael no Deserto- Deus Ouve

(Texto Gn. 21; 14-21)                              Abraão levanta pela madrugada, toma pão e um odre de água, dá para Hagar colocando as coisas no ombro dela, pega o menino de aproximadamente 17 anos entrega-o para Hagar e despede a ambos, e despede. Hagar sai uma direção definida no deserto de Berseba, e sai errante. (Gn. 21; 14)
                         Uma dor e uma confiança tremenda dentro de Abraão. Ele sabia que nem Hagar e nem Ismael iriam morrer no deserto, porque Deus havia lhe garantido que faria de Ismael uma grande nação, e para isso Deus supriria todas as necessidades.                          Por outro lado Sara sua esposa estava muito incomodada, com o desprezo de Ismael em relação à Isaque, estava surgindo um clima muito comprometedor entre Ismael e Isaque, o que poderia cedo ou tarde gerar graves conseqüências. O próprio Deus aceitou a proposta de Sara, porque Deus havia traçado um Propósito na vida de Ismael à parte da casa de Abraão. Mais tarde tudo indica que casa de…

Zacarias, pai de João Batista- Parte 1 (Personagens Bíblicos)

Dados Gerais sobre Zacarias, pai de João Batista  

A postagem visa facilitar estudos sobre a pessoa exemplar de Zacarias, pai de João Batista, deixando claro, logo no principio que admite -se cópias desta postagem desde se cumpra as normas dos Direitos Autorais.

Zacarias (do hebraico זְכַרְיָה, Zekariyah, "Deus se lembrou")