Pular para o conteúdo principal

A Milenar “Cultura” do Sexo Anal nos Tempos Bíblicos e Atuais



                        Essa fissura de homens e mulheres por bumbuns (não me refiro a ritmo musical e sim glúteo, para não falar outra coisa aqui) é mais antiga do que se possa imaginar, você sabe quando isso começou?  
                        Quem acha que foi em Sodoma e Gomorra enganou-se! Nessas duas Cidades a “Cultura” da pratica do sexo anal ganhou notoriedade mundial por conseqüência da Ira de Deus despejada sobre aquele povo com Fogo, como sinal de Juízo Divino.
                        Na Verdade essa Contra-Cultura do Sexo Anal teve inicio nas mentes do Primeiro casal, Adão e Eva, após a queda. Pois Adão e Eva tomaram posse do Conhecimento do Bem e do Mal.


Gn. 3: 5 Porque Deus sabe que no dia em que comerdes desse fruto, vossos olhos se abrirão, e sereis como Deus, conhecendo o bem e o mal.
6 Então, vendo a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento, tomou do seu fruto, comeu, e deu a seu marido, e ele também comeu.
7 Então foram abertos os olhos de ambos, e conheceram que estavam nus; pelo que coseram folhas de figueira, e fizeram para si aventais.
22 Então disse o Senhor Deus: Eis que o homem se tem tornado como um de nós, conhecendo o bem e o mal. Ora, não suceda que estenda a sua mão, e tome também da árvore da vida, e coma e viva eternamente.

                                Não estou afirmando que Adão e Eva seguiram a maldita cultura e fissura por sexo anal, porém, nada impedia que imaginassem tal pratica. Pois o Mal consiste na pratica de toda e qualquer coisa que vem para contradizer a Palavra de Deus e contrariar a natureza. Note no texto sagrado que Adão não conseguia olhar para Eva como antes, e nem Eva olhava a Adão como antes, o olhar mudou a partir dali.

        Este olhar ainda hoje persiste, tem resistido aos séculos, e perdura há milênios. Nota-se isso nas “artes” da Antiga Grécia e Roma. As “divindades” gregas e romanas eram beldades esculpidas com capricho.   
          Após Destruição de Sodoma e Gomorra a paixão do glúteo e sexo anal existia de modo discreto através de Cultos a divindades pagãs, onde celebravam “cultos” com verdadeiros “bacanais” onde a Bissexualidade era praxe. Os Homens transavam com os “Rapazes Escandalosos” e com as “Prostitutas Cultuais”, nestas relações sexuais havia o coito anal e a homossexualidade, alegando que estavam homenageando e celebrando a fertilidade da terra.
       Nos tempos Contemporâneos a mídia visa destacar o bumbum, vemos isso nas propagandas de rua. Nas fabricas de roupas que dá ênfase as curvas femininas a começar do bumbum.    
                                Em Festas Popularescomo Carnavais, bailes a fantasia, Boates e festas regadas a drogas e bebidas alcoólicas... Nessas festas os bumbuns acompanham o ritmos dos tambores, nos trazendo a memória as gelatinas que tremem quando balançam.
                        O Bumbum é a parte que não pode ser excluída na apresentação de modelos, eles e elas andam e dão aquela “voltinha” para mostrar a parte detrás. Nas propagandas de cervejas o bumbum é parte que a mulher tem mostrar de algum modo senão a cerveja perde o sentido.
                        Existe um trabalho na grande mídia para despertar o desejo desenfreado e irracional pelo glúteo, e uma motivação a homossexualidade tanto masculino como feminina. As roupas visam marcar o corpo, seja vestidos, shorts, saias, calças...
                        Já existem cirurgias plásticas para o aumento de Bumbum, e para a remoção de celulites e estrias. Os seios femininos que são verdadeiras fontes de prazer para o homem desfrutar e para a mulher sentir o toque, são deixados de lado. Não se dá tanta ênfase como o bumbum.
                        É interessante que o bumbum nunca foi feito com a finalidade de sexo anal ou oral, porque quem se habilita a fazer isso correm sérios riscos de contagio de doenças. Ora se o ânus de fato foi feito para sexo, porque através dele sai os piores dejetos?
                         Nosso Deus é limpo e exige limpeza, o sexo anal é um sexo sujo e impróprio para cristãos. É um ato contrario a Natureza.
Duas finalidades para o Bumbum:
1)     Bum: Sentar
2)     Bum: Digerir as Impurezas  
     
Conclusão: É óbvio que a atração por não se trata de “Cultura” propriamente dita, é um trocadilho, porque na verdade isso é uma contracultura dos verdadeiros sábios. Uma absoluta falta de bom senso e juízo, escassez de raciocínio lógico, insensatez... Além é claro de ser uma degradação moral, física...

Romanos 1: 21 porquanto, tendo conhecido a Deus, contudo não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes nas suas especulações se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu.
22 Dizendo-se sábios, tornaram-se estultos,
23 e mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis.
24 Por isso Deus os entregou, nas concupiscências de seus corações, à imundícia, para serem os seus corpos desonrados entre si;
25 pois trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram e serviram à criatura antes que ao Criador, que é bendito eternamente. Amém.
26 Pelo que Deus os entregou a paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural no que é contrário à natureza;
27 semelhantemente, também os varões, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para como os outros, varão com varão, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a devida recompensa do seu erro.
28 E assim como eles rejeitaram o conhecimento de Deus, Deus, por sua vez, os entregou a um sentimento depravado, para fazerem coisas que não convêm;
29 estando cheios de toda a injustiça, malícia, cobiça, maldade; cheios de inveja, homicídio, contenda, dolo, malignidade...



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Por que Jesus Cuspiu antes de curar o Cego?

Mensagem com base em João 9: 1-23


I – Qual causa da Cegueira do Homem?
 Este nascera cego curiosamente para Glória de Deus, os discípulos procuravam uma causa para a cegueira e perguntaram: “Rabi, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego?”. Fizeram a pergunta possivelmente com base em Êxodo:
Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o SENHOR teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniquidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.Êxodo 20:4-5
1)Cegueira como maldição hereditária, por parte dos pais; 2)Cegueira Por causa dos próprios pecados. 3)Cegueira para que se Manifeste as Obras de Deus
Jesus descartou as duas primeiras possibilidades, com seguinte resposta:
Jesus respondeu: Nem ele pecou nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus.
João 9:2-3
              O Homem era cego para que em hora oportuna se manifestasse nele a Obra de Deus.

II – Jesus contrariando os Homens                                    …

Hagar e Ismael no Deserto- Deus Ouve

(Texto Gn. 21; 14-21)                              Abraão levanta pela madrugada, toma pão e um odre de água, dá para Hagar colocando as coisas no ombro dela, pega o menino de aproximadamente 17 anos entrega-o para Hagar e despede a ambos, e despede. Hagar sai uma direção definida no deserto de Berseba, e sai errante. (Gn. 21; 14)
                         Uma dor e uma confiança tremenda dentro de Abraão. Ele sabia que nem Hagar e nem Ismael iriam morrer no deserto, porque Deus havia lhe garantido que faria de Ismael uma grande nação, e para isso Deus supriria todas as necessidades.                          Por outro lado Sara sua esposa estava muito incomodada, com o desprezo de Ismael em relação à Isaque, estava surgindo um clima muito comprometedor entre Ismael e Isaque, o que poderia cedo ou tarde gerar graves conseqüências. O próprio Deus aceitou a proposta de Sara, porque Deus havia traçado um Propósito na vida de Ismael à parte da casa de Abraão. Mais tarde tudo indica que casa de…

Zacarias, pai de João Batista- Parte 1 (Personagens Bíblicos)

Dados Gerais sobre Zacarias, pai de João Batista  

A postagem visa facilitar estudos sobre a pessoa exemplar de Zacarias, pai de João Batista, deixando claro, logo no principio que admite -se cópias desta postagem desde se cumpra as normas dos Direitos Autorais.

Zacarias (do hebraico זְכַרְיָה, Zekariyah, "Deus se lembrou")