Pular para o conteúdo principal

A Mulher Pecadora que Ungiu os pés de Jesus e Simão o fariseu


A Pecadora que Ungiu os Pés de Jesus
 
  Jesus foi convidado para a casa de um Fariseu e não recusou ir, assentou-se a mesa, nisso uma mulher pecadora conhecida na cidade, sabendo que Jesus estava na casa do fariseu, pegou um vaso de alabastro com ungüento, e se dirigiu até a casa do fariseu onde Jesus estava. A Mesa naquele tempo media aproximadamente 30 cm de altura, geralmente ficava em cima de um tapete com almofadas ao redor. Jesus está praticamente deitado apoiando um braço na almofada e outro se servia. Nisso a mulher entrou e por detrás, chorando se abraça aos pés de Jesus e enxuga-os com lagrimas e beija, em seguida ungia-lhos com ungüento. Com esse ato a mulher estava se humilhava aos pés do Mestre, sinal de humildade, e estava honrando ao Senhor Jesus, pois era costume receber as visitas lavando-lhes os seus pés. O Fariseu não prestou a Jesus essa hospitalidade. Um frasco de Ungüento valia cerca de 300 Denários, o equivalente ao salário de 300 dias de trabalho (Jo. 12:5).

                            O Fariseu olhava com repudio aquela atitude de Jesus permitir uma pecadora tocar-lhe, duvidando que Jesus fosse profeta. Como Deus Onisciente, Jesus percebendo seus pensamentos conta-lhe uma Parábola para Laçar Simão e laça. 

Gestos de Hospitalidade naquele tempo no Oriente

- Água para lavar os pés, os pés do hospede é lavado para que o mesmo se sinta a vontade e confortável.
- Um Ósculo, Beijo como sinal de Respeito e Estima;
- Óleo para unção, no sentido de desejar toda sorte de Benção (Sl. 23: 5)

Mulher Pecadora e Simão, o Fariseu 

- Simão:
  Recusa-se a lavar os pés de Jesus e nem se quer oferece água para lavar, e nem ordena um dos seus para fazer isto.
- A Mulher Pecadora:
  No lugar da água regar os pés do Mestre Jesus com Lágrimas e lava com suas mãos e com seus cabelos;
Simão:
Não Beija Jesus;
A Mulher Pecadora:
- Não beija o rosto, por não se achar digna, em compensação beija os pés inúmeras vezes, como sinal de humilhação diante de todos, arrependida de seus pecados.
Simão:
Nega o Azeite para ungir Jesus;
A Mulher Pecadora:
- Não Nega o Ungüento que é mais caro do que azeite pois também serve para fins medicinais.

Resultado:

Simão: Um pouco de seus pecados são perdoados, pois ofereceu refeição para Jesus em sua casa, recebe pouco amor do SENHOR.
A Mulher Pecadora: Tem seus Pecados Perdoados (1ª Tm. 1: 14), sua Fé foi honrada, alcançou a Paz é recebe mais amor do que Simão.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Por que Jesus Cuspiu antes de curar o Cego?

Mensagem com base em João 9: 1-23


I – Qual causa da Cegueira do Homem?
 Este nascera cego curiosamente para Glória de Deus, os discípulos procuravam uma causa para a cegueira e perguntaram: “Rabi, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego?”. Fizeram a pergunta possivelmente com base em Êxodo:
Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o SENHOR teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniquidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.Êxodo 20:4-5
1)Cegueira como maldição hereditária, por parte dos pais; 2)Cegueira Por causa dos próprios pecados. 3)Cegueira para que se Manifeste as Obras de Deus
Jesus descartou as duas primeiras possibilidades, com seguinte resposta:
Jesus respondeu: Nem ele pecou nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus.
João 9:2-3

              O Homem era cego para que em hora oportuna se manifestasse nele a Obra de Deus.

II – Jesus contrariando os Homens                                    …

Hagar e Ismael no Deserto- Deus Ouve

(Texto Gn. 21; 14-21)                              Abraão levanta pela madrugada, toma pão e um odre de água, dá para Hagar colocando as coisas no ombro dela, pega o menino de aproximadamente 17 anos entrega-o para Hagar e despede a ambos, e despede. Hagar sai uma direção definida no deserto de Berseba, e sai errante. (Gn. 21; 14)
                         Uma dor e uma confiança tremenda dentro de Abraão. Ele sabia que nem Hagar e nem Ismael iriam morrer no deserto, porque Deus havia lhe garantido que faria de Ismael uma grande nação, e para isso Deus supriria todas as necessidades.                          Por outro lado Sara sua esposa estava muito incomodada, com o desprezo de Ismael em relação à Isaque, estava surgindo um clima muito comprometedor entre Ismael e Isaque, o que poderia cedo ou tarde gerar graves conseqüências. O próprio Deus aceitou a proposta de Sara, porque Deus havia traçado um Propósito na vida de Ismael à parte da casa de Abraão. Mais tarde tudo indica que casa de…

Cabelo da Mulher Cristã- Nove (09) Lições Bíblicas

Referencias: 1ª Co. 11:4-15/ 1ª Tm. 2: 9,10/ 1ª Pe. 3: 1-3

                           Três passagens bíblicas utilizadas por “teólogos” radicais, com estilo farisaico, para proibir as tranças, cortes e frisados nos cabelos, além do uso de jóias.  Mas em destaque nesta postagem, é o cabelo da Mulher Cristão. Temos postagens que tratam do uso de jóias nos seguintes sites:
Deus condena o uso de Jóias?  
http://prjefersonfabiano.blogspot.com.br/2011/10/deus-condena-o-uso-de-joias.html
O Uso de Jóias segundo Paulo e a Bíblia
http://prjefersonfabiano.blogspot.com.br/2013/01/o-uso-de-joias-segundo-paulo-e-biblia.html
Nove Lições sobre o Cabelo da Mulher Cristã segundo a Bíblia:
1.Cabelo longo da mulher cristã lhe é Honroso 2.Cabelo tosquiado/rapado na mulher cristã é Desonroso 3.Cabelo longo da mulher é sinal de poderio sobre os anjos 4.Cabelo longo em lugar do véu 5.Um traje modesto com pudor é mais importante que uma trança atraente 6.O Enfeite interior da mulher cristã vale mais do que um enfe…