Pular para o conteúdo principal

O Jejum que Condenou a Humanidade

 O Jejum é de vital importância para os servos de Deus, observamos que alguns personagens Bíblicos desperdiçaram grandes Bênçãos por não estar em Estado de Oração, Vigilância e principalmente de Jejum, por exemplo: Isaque que trocou seu Direito de Primogenitura por um prato de Lentilhas.
 Temos ainda o exemplo de Raquel que concedeu uma noite de prazer entre Jacó e Lia por causa de algumas mandrágoras. Por outro lado temos excelentes exemplos como Ester que convocou um jejum de três dias para salvar uma Nação, do mesmo modo o rei de Nínive durante o Ministério de Jonas.
                                   Mas quero chamar a sua atenção para um casal muito especial que por não estar de jejum colocou em risco toda a sua descendência e comprometeu seriamente o futuro da humanidade. Este Casal trata-se de Adão e Eva, a começar de Eva que passeava pelo Jardim com a mente desocupada, sem orar e sem vigiar, mas principalmente sem jejuar.
                        Pois quando o Espírito Maligno lhe ofertou o fruto do pecado estando ela de Jejum ela recusaria toda e qualquer coisa que viesse comprometer o seu relacionamento com Deus, estando Eva de Jejum jamais praticaria o mal, pois quando uma pessoa esta de Jejum somente pratica o bem e se priva de toda e qualquer pratica maligna ou pensamento que lhe tire de comunhão com Deus.
                        Todavia, o Erro não foi só de Eva, Adão também errou, pois se pelo menos ele estivesse de Jejum em sintonia com Deus não se alimentaria com o Fruto do Pecado, permaneceria integro na presença de Deus e Eva responderia sozinha pelo seu erro, talvez ele pudesse até mesmo resgatar  Eva e fosse considerado por nós um grande herói e um marido exemplar.
                        Mas, Adão e Eva fizeram um Jejum diferente, o qual trouxe condenação a todos, Adão e Eva se privaram de se alimentar da Árvore da Vida para se alimentar da Árvore do Conhecimento do Bem e do Mal. Um jejum que jamais o ser humano deve fazer. 
                        Já imaginou como seria o mundo sem corrupção? Sem Maldade? Sem morte? Sem Doenças? Sem Pecado? Simplesmente seria um Paraíso do Éden.
                                   Neste sentido este foi o Jejum que condenou a humanidade inteira, abrir mão de se alimentar do fruto da Árvore da Vida para comer o Fruto Proibido da Árvore do Conhecimento do Bem e do Mal.
                                    Conhecer o Bem e o Mal consiste em perscrutar, examinar com profundo interesse, investigar a fundo além de praticar, exercitar e aperfeiçoar o Mal em paralelo com o Bem. 
Resultado: Morte

Mensagem com base no seguinte texto:

Gênesis 3:1 Ora, a serpente era o mais astuto de todos os animais do campo, que o Senhor Deus tinha feito. E esta disse à mulher: É assim que Deus disse: Não comereis de toda árvore do jardim?
2 Respondeu a mulher à serpente: Do fruto das árvores do jardim podemos comer,
3 mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Não comereis dele, nem nele tocareis, para que não morrais.
4 Disse a serpente à mulher: Certamente não morrereis.
5 Porque Deus sabe que no dia em que comerdes desse fruto, vossos olhos se abrirão, e sereis como Deus, conhecendo o bem e o mal.
6 Então, vendo a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento, tomou do seu fruto, comeu, e deu a seu marido, e ele também comeu.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Por que Jesus Cuspiu antes de curar o Cego?

Mensagem com base em João 9: 1-23


I – Qual causa da Cegueira do Homem?
 Este nascera cego curiosamente para Glória de Deus, os discípulos procuravam uma causa para a cegueira e perguntaram: “Rabi, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego?”. Fizeram a pergunta possivelmente com base em Êxodo:
Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o SENHOR teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniquidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.Êxodo 20:4-5
1)Cegueira como maldição hereditária, por parte dos pais; 2)Cegueira Por causa dos próprios pecados. 3)Cegueira para que se Manifeste as Obras de Deus
Jesus descartou as duas primeiras possibilidades, com seguinte resposta:
Jesus respondeu: Nem ele pecou nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus.
João 9:2-3
              O Homem era cego para que em hora oportuna se manifestasse nele a Obra de Deus.

II – Jesus contrariando os Homens                                    …

Hagar e Ismael no Deserto- Deus Ouve

(Texto Gn. 21; 14-21)                              Abraão levanta pela madrugada, toma pão e um odre de água, dá para Hagar colocando as coisas no ombro dela, pega o menino de aproximadamente 17 anos entrega-o para Hagar e despede a ambos, e despede. Hagar sai uma direção definida no deserto de Berseba, e sai errante. (Gn. 21; 14)
                         Uma dor e uma confiança tremenda dentro de Abraão. Ele sabia que nem Hagar e nem Ismael iriam morrer no deserto, porque Deus havia lhe garantido que faria de Ismael uma grande nação, e para isso Deus supriria todas as necessidades.                          Por outro lado Sara sua esposa estava muito incomodada, com o desprezo de Ismael em relação à Isaque, estava surgindo um clima muito comprometedor entre Ismael e Isaque, o que poderia cedo ou tarde gerar graves conseqüências. O próprio Deus aceitou a proposta de Sara, porque Deus havia traçado um Propósito na vida de Ismael à parte da casa de Abraão. Mais tarde tudo indica que casa de…

Zacarias, pai de João Batista- Parte 1 (Personagens Bíblicos)

Dados Gerais sobre Zacarias, pai de João Batista  

A postagem visa facilitar estudos sobre a pessoa exemplar de Zacarias, pai de João Batista, deixando claro, logo no principio que admite -se cópias desta postagem desde se cumpra as normas dos Direitos Autorais.

Zacarias (do hebraico זְכַרְיָה, Zekariyah, "Deus se lembrou")