Pular para o conteúdo principal

O TRONO DE DEUS- APOCALIPSE 04


O Trono de Deus

I-     05 Perguntas sobre o Trono de Deus

... E eis que um trono estava posto no céu, e um assentado sobre o trono... 
(Ap. 4:1)

                            Quem assenta em trono? Quem possui trono? Existe rei sem Coroa? Todo Reino tem um Rei? Quem são os súditos os Súditos do Rei Celestial? Até onde vão os limites do Reino de Deus?
1.    Quem legitimamente pode se assentar no trono é o Rei;
2.    Quem possui o Trono é Rei
3.    Não existe um Rei sem coroa
4.    Todos os seres vivos, tudo aquilo que emite fôlego de Vida serve a ELE e são seus súditos (Sl. 150), até o Diabo e toda casta de demônios bate continência e reverencia a ELE, além de lhe prestar obediência (Lc. 10: 18-20). O Mundo dos Mortos não está excluído dos Domínios de Deus. (Lc. 16: 22-31/ 1ª Ts. 4: 12-18)
5.    Para a última pergunta: Não há limites para o Reino de Deus, nem a altura, nem a profundidade, nem o inferno, nem o fogo, nem a água, nem os animais, nem os homens, nem o Diabo com seus demônios, nada está fora do limite do Reino de Deus (Rm 8: 33-39) . Tudo que existe, e há de existir; os mundos: físicos (material) e espirituais estão dentro do Reino de Deus, nada e ninguém se exime de seus domínios.


II – O Acesso de João ao Céu

                            O Acesso de João ao Céu foi possível porque ele estava remido no sangue de Cristo e em espírito, com o auxilio de um anjo. Para Chegar até ao local e ver trono de Deus; João necessitou de um Anjo como Guia devido à vastidão e gloria do Reino, e devido à organização porque lá não entram intrusos, ou qualquer pessoa sem autorização expressa antecipada.   João foi a um lugar alto para ver o trono de Deus, o que revela a elevada altitude do Reino, o inimaginável acerca do Reino e os mistérios que fogem ao intelecto humano sobre o Reino de Deus.

1 Co. 2:6 Na verdade, entre os perfeitos falamos sabedoria, não porém a sabedoria deste mundo, nem dos príncipes deste mundo,
que estão sendo reduzidos a nada;
7 mas falamos a sabedoria de Deus em mistério, que esteve oculta, a qual Deus preordenou antes dos séculos para nossa glória;
8 a qual nenhum dos príncipes deste mundo compreendeu; porque se a tivessem compreendido, não teriam crucificado o Senhor da glória.
9 Mas, como está escrito: As coisas que olhos não viram, nem ouvidos ouviram, nem penetraram o coração do homem,
são as que Deus preparou para os que o amam.
10 Porque Deus no-las revelou pelo seu Espírito; pois o Espírito esquadrinha todas as coisas, mesmos as profundezas de Deus.
11 Pois, qual dos homens entende as coisas do homem,
Senão o espírito do homem que nele está?
Assim também as coisas de Deus, ninguém as compreendeu,
 senão o Espírito de Deus.


 Apocalipse 4:1 Depois destas coisas, olhei, e eis que estava uma porta aberta no céu, e a primeira voz que ouvira, voz como de trombeta, falando comigo, disse: Sobe aqui, e mostrar-te-ei as coisas que depois destas devem acontecer.

Um trono posto no Céu... Acima de Tudo e de todos, e todas as coisas estão debaixo desse Reino e dependem dele, nada e ninguém fogem de seus domínios.

Ap. 4: 2 Imediatamente fui arrebatado em espírito,
e eis que um trono estava posto no céu, e um assentado sobre o trono;


III – As Pedras Preciosas e Os 24 Anciãos e
                            As Pedras Preciosas demonstram gloria, poder, majestade, plenitude, riqueza, realeza...

 Ap. 4:3 E aquele que estava assentado era, na aparência,
semelhante a uma pedra de jaspe e sárdio;
e havia ao redor do trono um arco-íris semelhante,
na aparência, à esmeralda.

Ap. 4:10 os vinte e quatro anciãos prostravam- se diante do que estava assentado sobre o trono, e adoravam ao que vive pelos séculos dos séculos; e lançavam as suas coroas diante do trono, dizendo:
11 Digno és, Senhor nosso e Deus nosso, de receber a glória e a honra e o poder; porque tu criaste todas as coisas,
e por tua vontade existiram e foram criadas.

                            Os 24 Anciãos: Seres Celestiais que foram nomeados desde a antiguidade para desempenhar funções especiais com o Rei dos reis e SENHOR dos Senhores. Esses anciãos exercem governos (provinciais). Pois possuem coroas.  (Ap. 4: 4)

Ap. 4: 4 Havia também ao redor do trono vinte e quatro tronos;
e sobre os tronos vi assentados vinte e quatro anciãos,
vestidos de branco, que tinham nas suas cabeças coroas de ouro.

IV- A Impossibilidade da Carne de adentrar no Reino de Deus
                            João viu o Reino de Deus Celestial, para tal teve que se deslocar do Reino de Deus terreno e espiritual em destino ao Reino de Deus Celestial. Esse acesso só foi possível em espírito, devido há pelo menos dois fatores:
a)    A Carne Mortal, fraca e Corrupta (Mc. 14: 38/ 1ª Co. 15: 48-54)
b)    A Impossibilidade de ingressar as mansões celestiais em carne, esse acesso só é possível por meio do espírito com passaporte de Cristo (1ª Co. 15: 48-54/ Gl. 5: 18-23)


V- Os Relâmpagos, as Vozes e trovões...

Ap. 4: 5 E do trono saíam relâmpagos, e vozes, e trovões...


a)    Emite Domínio sobre toda e qualquer força da natureza ou fenômeno natural ou sobrenatural...
b)    Vozes...  Trindade; o dialogo entre o Deus Pai, Deus, Filho e Deus Espírito na mesma equivalência e patamar. Vozes que emanam vida, poder, unção Graça, Temor...


VI - As Sete Lâmpadas

                            ... E diante do trono ardiam sete lâmpadas de fogo, as quais são os sete espíritos de Deus...

                            O Profeta Isaias trás uma revelação sobre os 07 Espíritos de Deus da seguinte maneira:

Isaías 11:1 Então brotará um rebento do toco de Jessé,
 e das suas raízes um renovo frutificará.
2 E repousará sobre ele o Espírito do Senhor, o espírito de sabedoria e de entendimento, o espírito de conselho e de fortaleza,
o espírito de conhecimento e de temor do Senhor.
3 E deleitar-se-á no temor do Senhor; e não julgará segundo a vista dos seus olhos, nem decidirá segundo o ouvir dos seus ouvidos;
4 mas julgará com justiça os pobres, e decidirá com eqüidade em defesa dos mansos da terra; e ferirá a terra com a vara de sua boca,
e com o sopro dos seus lábios matará o ímpio.


VII – O Mar de Vidro semelhante ao Cristal

Ap. 4:6 também havia diante do trono como que um mar de vidro semelhante ao cristal...
     
                        O que entende - se por “Mar”, são vários significados, entre eles destaca-se povos, nações, multidões... Referem-se ainda a profundidade, vastidão, amplitude, aglomeração de vidas marinhas, limitações para os seres humanos...

                            Dimensão mui elevada ao entendimento humano. O Mar aqui é semelhante a um Mar de vidro semelhante ao Cristal, não é um Mar comum, não é um mar de vidro qualquer, é algo semelhante ao Cristal.
                            Figura transparência, santidade, riqueza, gloria, profundidade, complexidade, pureza, zelo, cuidado... O Vidro antes de tomar alguma forma precisa passar pelo fogo (sinal de purificação). Por outro lado o vidro é símbolo de durabilidade, porque não se decompõe com facilidade e nem num curto período de tempo. 
                            Portanto o Mar de Vidro semelhante ao Cristal pode indicar:

 - A Dimensão Inalcançável por meios de esforços humanos de Chegar ao Reino de Deus
- A Profundidade do Reino de Deus
- A Complexidade do Reino de Deus
- A Riqueza do Reino de Deus
-A Pureza do Reino de Deus   
- A Amplitude do Reino de Deus...



VIII – Os 04 Seres

                            Ap. 4: 6... E ao redor do trono, um ao meio de cada lado, quatro seres viventes cheios de olhos por diante e por detrás... Vigilância completa, absoluta, por essa razão os 04 seres são cheios de olhos na frente e atrás. Nada é capaz de se ocultar. São os Guardadores, adoradores, os guardas reais do Rei da Glória. Eles estão ali para proteger e guardar o local. 

Ap. 4:7 e o primeiro ser era semelhante a um leão;
o segundo ser, semelhante a um touro;
tinha o terceiro ser o rosto como de homem;
e o quarto ser era semelhante a uma águia voando.

1.     Leão: Sinal de Força, Poderio, Domínio...  Sua voz causa espanto como o leão que ruge. O Leão é o Rei dos Animais Selváticos, o que representa Realeza, Cristo é o Messias ungido para Governar toda a Humanidade em tempo oportuno. (Ap. 5:5)  

2.    Touro: servidor, sacrifício, pureza, santidade...  Cristo como um touro aponta o sacrifício vicário de Cristo (Is 53).

3.    Homem: Sabedoria, Inteligência, Conhecimento, capacidade de intelecto... Cristo veio o Filho do Homem para resgatar o que se havia perdido (Mt. 18: 11)

4.    Águia: Nascida para voar bem alto, com visão ampla, vigor e revigor, é a rainha das aves por sua força, perspicácia, habilidades... Cristo após a ressurreição ascendeu aos céus e vivo está a destra do Pai.  (Lc. 24: 46-53)
  
Ap. 4:8 Os quatro seres viventes tinham, cada um, seis asas,
e ao redor e por dentro estavam cheios de olhos;
e não têm descanso nem de noite, dizendo:
Santo, Santo, Santo é o Senhor Deus, o Todo-Poderoso,
aquele que era, e que é, e que há de vir.
9 E, sempre que os seres viventes davam glória e honra e ações de graças ao que estava assentado sobre o trono,
ao que vive pelos séculos dos séculos...



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Por que Jesus Cuspiu antes de curar o Cego?

Mensagem com base em João 9: 1-23


I – Qual causa da Cegueira do Homem?
 Este nascera cego curiosamente para Glória de Deus, os discípulos procuravam uma causa para a cegueira e perguntaram: “Rabi, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego?”. Fizeram a pergunta possivelmente com base em Êxodo:
Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o SENHOR teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniquidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.Êxodo 20:4-5
1)Cegueira como maldição hereditária, por parte dos pais; 2)Cegueira Por causa dos próprios pecados. 3)Cegueira para que se Manifeste as Obras de Deus
Jesus descartou as duas primeiras possibilidades, com seguinte resposta:
Jesus respondeu: Nem ele pecou nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus.
João 9:2-3
              O Homem era cego para que em hora oportuna se manifestasse nele a Obra de Deus.

II – Jesus contrariando os Homens                                    …

Hagar e Ismael no Deserto- Deus Ouve

(Texto Gn. 21; 14-21)                              Abraão levanta pela madrugada, toma pão e um odre de água, dá para Hagar colocando as coisas no ombro dela, pega o menino de aproximadamente 17 anos entrega-o para Hagar e despede a ambos, e despede. Hagar sai uma direção definida no deserto de Berseba, e sai errante. (Gn. 21; 14)
                         Uma dor e uma confiança tremenda dentro de Abraão. Ele sabia que nem Hagar e nem Ismael iriam morrer no deserto, porque Deus havia lhe garantido que faria de Ismael uma grande nação, e para isso Deus supriria todas as necessidades.                          Por outro lado Sara sua esposa estava muito incomodada, com o desprezo de Ismael em relação à Isaque, estava surgindo um clima muito comprometedor entre Ismael e Isaque, o que poderia cedo ou tarde gerar graves conseqüências. O próprio Deus aceitou a proposta de Sara, porque Deus havia traçado um Propósito na vida de Ismael à parte da casa de Abraão. Mais tarde tudo indica que casa de…

Zacarias, pai de João Batista- Parte 1 (Personagens Bíblicos)

Dados Gerais sobre Zacarias, pai de João Batista  

A postagem visa facilitar estudos sobre a pessoa exemplar de Zacarias, pai de João Batista, deixando claro, logo no principio que admite -se cópias desta postagem desde se cumpra as normas dos Direitos Autorais.

Zacarias (do hebraico זְכַרְיָה, Zekariyah, "Deus se lembrou")