Pular para o conteúdo principal

A Origem da Morte, a Obra da Morte e "Morte" da Morte


A Origem da Morte, a Obra Morte e “Morte da Morte”


 
                        Breve Definição: separação que pode ser temporária e/ ou definitiva de Deus e dos seres vivos, inatividade absoluta física e mental, cessação de vida, fim de existência de um ser...  Dependendo do ângulo e situação pode ser definida como Inatividade do corpo, da alma e do espírito (Para saber mais leia 03 Tipos de Morte- deste mesmo autor) 
                        Mas em todo caso a morte em si é um espírito criado por Deus, usado como instrumento de juízo.   

                           Creio que o Espírito da Morte foi criado por Deus para punir, banir... Todos aqueles que se opuserem a Deus. 

      I.            A Origem da Morte

                                        Como toda e qualquer coisa que existe, a origem da morte começa no Mundo Imaterial, ou melhor, Mundo espiritual.
                                   Quando Deus criou as hostes angelicais com seus principados e hierarquias, entre as miríades e miríades de seres angelicais estava um querubim ungido, que regia os louvores nas alturas celestiais que olhos humanos não podem ver e nem a mente humana pode imaginar.
                                        O Querubim ungido se engrandeceu, como possuía o Direito arbítrio, decidiu não mais servir a Deus e sim ser servido por todos e por ele. Aí encontramos a primeira vitima da morte espiritual e sua origem.

Jo 15: 5 Eu sou a videira; vós sois as varas. Quem permanece em mim e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer.
6 Quem não permanece em mim é lançado fora, como a vara, e seca; tais varas são recolhidas, lançadas no fogo e queimadas.


                                   A Morte Espiritual é fruto de uma decisão pessoal; a decisão de não mais servir a Deus, ignorá-lo, não obedecer mais aos seus preceitos e juízos, é rebelar-se contra Deus e desprezar a sua Palavra que é perfeita, santa, poderoso, justa...
                                   Nesse ínterim, enquanto o Querubim se tornava Satanás (Adversário) e Diabo (Enganador), pois enganava e seduzia a outros seres angelicais. (terça parte) 

Ap. 12: 3 Viu-se também outro sinal no céu: eis um grande dragão vermelho que tinha sete cabeças e dez chifres, e sobre as suas cabeças sete diademas;
4 a sua cauda levava após si a terça parte das estrelas do céu, e lançou-as sobre a terra; e o dragão parou diante da mulher que estava para dar à luz, para que, dando ela à luz, lhe devorasse o filho.
5 E deu à luz um filho, um varão que há de reger todas as nações com vara de ferro; e o seu filho foi arrebatado para Deus e para o seu trono.
6 E a mulher fugiu para o deserto, onde já tinha lugar preparado por Deus, para que ali fosse alimentada durante mil duzentos e sessenta dias.
7 Então houve guerra no céu: Miguel e os seus anjos batalhavam contra o dragão. E o dragão e os seus anjos batalhavam,
8 mas não prevaleceram, nem mais o seu lugar se achou no céu.
9 E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, que se chama o Diabo e Satanás, que engana todo o mundo; foi precipitado na terra, e os seus anjos foram precipitados com ele.


   II.            A Obra da Morte

                        Passando a existir no Mundo Espiritual, estava a um passo de existir no Mundo Material. Nesse sentido Adão e Eva abriram as portas para morte entrar no mundo em que vivemos a partir do momento que duvidaram da Palavra de Deus e alimentaram-se do desejo de não mais servir a Deus e tornar-se independente dele.

Gênesis 3:1 Ora, a serpente era o mais astuto de todos os animais do campo, que o Senhor Deus tinha feito. E esta disse à mulher: É assim que Deus disse: Não comereis de toda árvore do jardim?
2 Respondeu a mulher à serpente:
Do fruto das árvores do jardim podemos comer,
3 mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Não comereis dele, nem nele tocareis, para que não morrais.
4 Disse a serpente à mulher: Certamente não morrereis.
5 Porque Deus sabe que no dia em que comerdes desse fruto, vossos olhos se abrirão, e sereis como Deus, conhecendo o bem e o mal.
6 Então, vendo a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento, tomou do seu fruto, comeu, e deu a seu marido,
e ele também comeu.

                                    Hoje a morte anda por aí livremente ceifando a vida de justos e ímpios a serviço de Deus e do Diabo, e até dos homens. Todos os dias nos Noticiários que passam temos noticias de suas vitimas que estão espalhadas em todo lugar e enterradas em cemitérios, ou a céu aberto, ou nas profundezas das águas...
                                   A senhora morte trabalha lado a lado com o senhor Inferno, devem está casados, mas sofrerá também o Juízo Divino porque de algum modo se corrompeu.


Ap. 6:  7 Quando abriu o quarto selo,
ouvi a voz do quarto ser vivente dizer: Vem!
8 E olhei, e eis um cavalo amarelo, e o que estava montado nele chamava-se Morte; e o hades seguia com ele; e foi-lhe dada autoridade sobre a quarta parte da terra, para matar com a espada, e com a fome, e com a peste, e com as feras da terra.


III.            A Morte da Morte


                        Como toda e qualquer criatura a senhora morte também é mortal e está sentenciada a morte, ou melhor, provar do próprio veneno.
54 Mas, quando isto que é corruptível se revestir da incorruptibilidade, e isto que é mortal se revestir da imortalidade, 
então se cumprirá a palavra que está escrito:
Tragada foi a morte na vitória.
55 Onde está, ó morte, a tua vitória?
Onde está, ó morte, o teu aguilhão?
56 O aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a lei.
57 Mas graça a Deus que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo.
58 Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor.




A Condenação da Morte e de seus Parceiros



Apocalipse 20: 10 e o Diabo, que os enganava, foi lançado no lago de fogo e enxofre, onde estão a besta e o falso profeta; e de dia e de noite serão atormentados pelos séculos dos séculos.
11 E vi um grande trono branco e o que estava assentado sobre ele, de cuja presença fugiram a terra e o céu; e não foi achado lugar para eles.
12 E vi os mortos, grandes e pequenos, em pé diante do trono; e abriram-se uns livros; e abriu-se outro livro, que é o da vida; e os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras.
13 O mar entregou os mortos que nele havia; e a morte e o hades entregaram os mortos que neles havia; e foram julgados, cada um segundo as suas obras.
14 E a morte e o hades foram lançados no lago de fogo. Esta é a segunda morte, o lago de fogo.
15 E todo aquele que não foi achado inscrito no livro da vida, foi lançado no lago de fogo.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Por que Jesus Cuspiu antes de curar o Cego?

Mensagem com base em João 9: 1-23


I – Qual causa da Cegueira do Homem?
 Este nascera cego curiosamente para Glória de Deus, os discípulos procuravam uma causa para a cegueira e perguntaram: “Rabi, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego?”. Fizeram a pergunta possivelmente com base em Êxodo:
Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o SENHOR teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniquidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.Êxodo 20:4-5
1)Cegueira como maldição hereditária, por parte dos pais; 2)Cegueira Por causa dos próprios pecados. 3)Cegueira para que se Manifeste as Obras de Deus
Jesus descartou as duas primeiras possibilidades, com seguinte resposta:
Jesus respondeu: Nem ele pecou nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus.
João 9:2-3
              O Homem era cego para que em hora oportuna se manifestasse nele a Obra de Deus.

II – Jesus contrariando os Homens                                    …

Hagar e Ismael no Deserto- Deus Ouve

(Texto Gn. 21; 14-21)                              Abraão levanta pela madrugada, toma pão e um odre de água, dá para Hagar colocando as coisas no ombro dela, pega o menino de aproximadamente 17 anos entrega-o para Hagar e despede a ambos, e despede. Hagar sai uma direção definida no deserto de Berseba, e sai errante. (Gn. 21; 14)
                         Uma dor e uma confiança tremenda dentro de Abraão. Ele sabia que nem Hagar e nem Ismael iriam morrer no deserto, porque Deus havia lhe garantido que faria de Ismael uma grande nação, e para isso Deus supriria todas as necessidades.                          Por outro lado Sara sua esposa estava muito incomodada, com o desprezo de Ismael em relação à Isaque, estava surgindo um clima muito comprometedor entre Ismael e Isaque, o que poderia cedo ou tarde gerar graves conseqüências. O próprio Deus aceitou a proposta de Sara, porque Deus havia traçado um Propósito na vida de Ismael à parte da casa de Abraão. Mais tarde tudo indica que casa de…

Zacarias, pai de João Batista- Parte 1 (Personagens Bíblicos)

Dados Gerais sobre Zacarias, pai de João Batista  

A postagem visa facilitar estudos sobre a pessoa exemplar de Zacarias, pai de João Batista, deixando claro, logo no principio que admite -se cópias desta postagem desde se cumpra as normas dos Direitos Autorais.

Zacarias (do hebraico זְכַרְיָה, Zekariyah, "Deus se lembrou")